CANTO DO BACURI > Francisco Handa: A rebelião do verde

Entre os autores da moderna literatura coreana encontra-se Han Kang, nascida em 1970, que lançou A vegetariana, em 2018, pela Editora Todavia. A sua importância se deve por ter sido vencedora do Man Booker International Price, um…

CANTO DO BACURI > Francisco Handa: A revolta do Coringa

Desde que foi lançado, no início de outubro, o filme Coringa, dirigido por Todd Phillips, tem despertado inúmeras críticas por causa das cenas de violência. Dizem certas vozes de que um filme violento é capaz de suscitar violências no…

Haicai Brasileiro: Haicai como descoberta da palavra (11)

A um compositor de haicai, caso queira levar a sério essa condição, nada melhor do que se entregar a exercitar a capacidade de produzir. Compor sobre o quê? Colunas como esta, o Haicai Brasileiro, sugerem o kigô da semana. É sobre esse…

CANTO DO BACURI: Jovens águias do Kamikaze

Muitos foram os filmes que abordaram os tempos de guerra, conforme o cinema japonês. De alguma forma, aqueles dias de dificuldade não poderiam ser esquecidos. Diferente dos filmes americanos, em que o inimigo declarado devia ser combatido,…

Haicai Brasileiro: Haicai como descoberta da palavra (10)

Quando o haicai é composto, ganha autonomia, vida própria. As percepções do corpo, as modificações da mente, a ideia original, acabam produzindo uma outra coisa. É bom quando isso acontece. Num certo momento, o autor chega a desconfiar de…

CANTO DO BACURI: As águas que rolam

As águas que rolam Quando o novo dá início o traço do velho Incomoda Ainda o passado não se deu conta Que as águas rolam em pedras redondas Nas cascatas rebentando a luz A penetrar pelas folhas dos coqueirais. Passageiro foi o…

CANTO DO BACURI: O sol nasce para todos

Foi através do cinema que o ideal americano teria sido moldado, nas salas de projeção, parte de uma cultura massificada e, portanto, popular. De fato, uma indústria cinematográfica teria sido criada no alvorecer do século 20. Um dos…

CANTO DO BACURI: Em busca da felicidade

Em busca da felicidade Queria ser tanto feliz Seria o quê, a felicidade Se felicidade é apenas uma palavra Como também infelicidade Sendo felicidade o inverso De infelicidade Como o dia é o inverso De noite Como o cheio é o…

Haicai Brasileiro: Haicai como descoberta da palavra (9)

Certa vez fui a uma reunião de trovadores. Alguns trovadores aventuram-se também a compor haicais. Mas são campos diferentes. Uma trova é para ser lida ou declamada. O haicai, conforme o meu entendimento, deve ser lido e assim apreciado. Os…

CANTO DO BACURI: 13 assassinos ou a saga da vingança

Em se tratando de cinema japonês, os filmes de época, destes de espada, homens com penteados característicos, mulheres usando quimonos, sempre teve um público cativo. Destes, um dos mais representativos foi “13 assassinos” (Jusan nin no…

CANTO DO BACURI: Os olhos de Ana Maria

Os olhos de Ana Maria Quem deixou se navegar pelos olhos de Ana Maria Jamais voltou para contar, senão enlouquecer de amores Pois perigos são muitos na turbulência de águas insanas Negritudes de uma noite sem estrelas para guiar A…

CANTO DO BACURI: Um domingo maravilhoso, de Kurosawa

Tempos que antecederam o reconhecimento como diretor de cinema, Akira Kurosawa teve que aprender como auxiliar de Kaji Takimoto, renomado mestre da Toho. Aos 25 anos, ele passou a atuar ao lado de Takimoto. Seu primeiro filme, como diretor,…

CANTO DO BACURI: Os Amantes Crucificados

Entre os cineastas mais expressivos do cinema japonês, antes do advento do cinemascope, encontra-se Kenji Mizoguchi. A ele se faz referência o filme apreciado. Muitas vezes conhecido por Os Amantes Crucificados, trata-se do título japonês…

CANTO DO BACURI: Era uma vez um pai

Dentre os filmes de Yasujiro Ozu, meses antes da deflagração da guerra contra os Estados Unidos, foi lançado Chichi Ariki, que podemos traduzir por "Era uma vez um pai", em que podemos ver a atuação de Chishu Ryu bastante jovem. Seria este…

Haicai Brasileiro: Haicai como descoberta da palavra (8)

Quando o haicai é composto, ganha autonomia, vida própria. As percepções do corpo, as modificações da mente, a ideia original, acabam produzindo uma outra coisa. É bom quando isso acontece. Num certo momento, o autor chega a desconfiar de…

CANTO DO BACURI > Francisco Handa: O menino gordo

O menino gordo No tempo da bala Juquinha O menino gordo repartia: “dois pra mim um pra você” dois pra mim um pra você!” O menino gordo cresceu E continuou repartindo: “mil pra mim um pra você mil pra mim um pra você”.…

CANTO DO BACURI: Início da Primavera de Yasujiro Ozu

Quem com grande maestria teria construído a imagem da família no Japão que se modernizava, através do cinema foi Yasujiro Ozu. Muitos foram os filmes em preto e branco, destes, em grande parte mudos. Ainda o cinema falado, muito menos o…