Kumamoto Kenjinkai realiza 11ª edição do Takenoko Matsuri

Broto de bambu é o ingrediente principal do Festival (arquivo)

Para não deixar passar mais um ano em branco, a Associação Kumamoto do Brasil realiza neste domingo (5), o 11º Festival de Takenoko – edição take out (retirada). Alimento muito utilizado na gastronomia japonesa, o broto de bambu estará presente no prato principal, o obentô de karaague, com o tradicional takenoko gohan, salada de acelga, onishime e o frango frito. O prato tem ainda uma opção vegana, com tempurá de legumes. Ambos vem acompanhados de mugitcha e fruta da estação e custam R$ 45 cada um
Outra opção saborosa e bastante tradicional é o pastel com takenoko (recheado com alho, cebola e cebolinha) e que custa R$ 5 a unidade. Quem quiser também pode pedir a porção de takenoko gohan separadamente (com aproximadamente 300 gramas, feito com arroz japonês, takenoko, gobô e cenoura). A porção individual sai por R$ 15.
Os pedidos devem ser feitos impreterivelmente até esta quinta-feira (2) pelo Wathsapp (11/98252-3202) e retirados no domingo (5), na sede da associação (Rua Guimarães Passos, 142 – Vila Mariana), a partir das 11 horas (em intervalos de meia hora).

Kenji Kiyohara (presidente) e o vice e coordenador, Teruisa Akashi (Aldo Shiguti)

Tradição – Segundo o presidente da associação, Kenji Kiyohara, a última edição do festival, realizada presencialmente na sede da associação, em 2019, atraiu cerca de 400 pessoas e foi considerado a segunda principal fonte de arrecadação naquele ano – atrás apenas do Festival do Japão.
Coordenado desde as primeiras edições pelo vice-presidente Teruisa Akashi, o Takenoko Matsuri deste ano também será uma forma de prestar uma homenagem ao ex-presidente Takashi Nagase, que faleceu este ano.
Kiyohara e Akashi explicam que a família de Nagase gentilmente não só cedeu os brotos de bambu de sua propriedade – como Takashi sempre fazia – como também o trator e funcionários para a colheita, que acontece sempre no início do verão.

Comments (0)
Add Comment