YAMAGATA: A província que conquista admiradores por suas inúmeras montanhas e cerejeiras

Yamagata é famosa por suas diversas montanhas capazes de surpreender os aventureiros (divulgação)

Localizada na região Tohoku, ao norte da ilha de Honshu, está a província de Yamagata, famosa por suas diversas montanhas capazes de surpreender aos aventureiros e aos que estão apenas de passagem. Sua popularidade atinge, também, às pessoas que buscam paz e tranquilidade por meio de suas águas termais, cultura e arquitetura, se apresentando como o ambiente ideal para viagens longas ou curtas.
No geral, a província possui um clima ameno que permite o cultivo de diversas frutas durante o ano todo, tais como cerejas, pêssegos, maçãs e peras, tornando a área uma das maiores produtoras de cerejas do país, abrangendo cerca de 70% do total produzido. Por outro lado, a parte costeira e ao norte do território manifestam chuvas e neve frequentes, favorecendo às atividades de esqui e aos pontos turísticos que aquecem o coração dos visitantes.
Assim sendo, Yamagata conta com diversas atrações que a transformam num local desafiador e aconchegante às almas de pessoas curiosas, destemidas e famintas por sensações mistas de prazer, diversão e relaxamento, emitidas em sua história e tradição.

Curiosidade sobre a província de Yamagata
Da sua origem e geografia às suas tradições, a província de Yamagata guarda algumas curiosidades e informações que todo turista deve saber antes de visitar, isso porque são relacionadas às experiências imperdíveis que só se adquire na província das cerejeiras.

Província conta com diversas atrações turísticas que a transformam num local desafiador e aconchegante (divulgação)

História
Anterior à Restauração Meiji (1868 — 1912), a terra das cerejeiras fazia parte da antiga província de Dewa, juntamente com a prefeitura de Akita. Foi ainda nessa época que o território fundou diversos santuários famosos, tais como os encontrados nas três montanhas que compõem o Dewa Sanzan, o Rishakuji e o Templo Jion, popular pelas estátuas budistas.
Essas construções só foram possíveis devido ao comando do clã Oshu Fujiwara que governou grande parte da região Tohoku, buscando pela prosperidade, paz e desenvolvimento da sociedade japonesa. Em contrapartida, a evolução da prefeitura aconteceu apenas na Era Edo (1603 — 1867), com a produção da tinta cártamo e crescimento econômico próximo aos castelos locais, tornando a área conhecida como estação de correio e cidade-castelo.
Em 1871, com o fim do período Edo e a abolição dos clãs, diversas províncias se dividiram, gerando outras mais, tal como Yamagata que traduzido para o português significa “local de montanhas”, como homenagem à sua geografia. Além disso, as áreas montanhosas também são representadas em sua bandeira, por meio de três triângulos pontiagudos que fazem referência às montanhas e ao desejo de expansão e progresso.

Monte Zao: Esqui com os “monstros da neve”

Com neves constantes, parte costeira e ao norte favorecem a prática de esqui (divulgação)

Aos turistas da província de Yamagata sedentos por aventura e adrenalina, o Monte Zao é o local mais indicado, possuindo não apenas uma das melhores descidas, mas também uma das experiências únicas obtidas na região, tais como o mergulho a céu aberto, paisagens a se admirar e alimentos de aquecer o corpo e enriquecer o paladar.
Dessa forma, a Estação de Esqui de Zao Onsen é apropriada também às pessoas e famílias que procuram por tranquilidade e diversão, de modo que é indicado o percurso entre os “monstros da neve”, representados por árvores altas e robustas cobertas de neve devido aos fortes ventos e nevascas.
Outras dicas aos viajantes são: o relaxamento nas águas termais ao ar livre, aquecendo as almas dos visitantes, e a degustação de queijos e cafés em estabelecimentos próximos às plataformas de esqui, proporcionando uma bela vista durante o dia e melhor ainda ao anoitecer, causada pelas iluminações coloridas inseridas estrategicamente ao redor dos “monstros da neve”.
Todo ano, o fenômeno das árvores de neve não costuma passar em branco, sendo celebrado no Festival do Monstro da Neve Zao onde profissionais realizam apresentações com tochas, descendo o monte e desviando das grandes árvores.
Se por acaso, a viagem estiver marcada em períodos mais amenos, o Monte Zao ainda é considerado uma boa pedida para caminhadas, banhos relaxantes em resorts e apreciação de uma variedade de produtos lácteos que estão na ativa durante o ano inteiro.

Gastronomia: Imoni e saquê da província de Yamagata

Apesar de seu clima frio, tudo na província traz um ar quente (divulgação)

Apesar do seu clima frio, tudo na província de Yamagata traz um ar aconchegante e quente, assim como seu prato típico chamado de Imoni, uma sopa composta por carne, inhame, cebolinha, konyaku e outros ingredientes mais, refeição preparada apenas com o cozimento dos alimentos no caldo temperado com shoyu e dashi.
Normalmente, é oferecido e sugerido durante o outono da região de Tohoku, porém pode ser ingerido em qualquer estação, beneficiando o consumidor em termos de saúde e bem-estar.
Adicionando mais pontos positivos à produção e gastronomia local, ainda há o tão renomado saquê de Yamagata que abrange 40% do total produzido em Tohoku, possui um museu em respeito à sua história e recebeu um prêmio devido ao seu sabor suave e doce. Logo, além do Imoni, não deixe de experimentar o saquê e as frutas da província que têm conquistado todo o Japão com sua qualidade e palatabidade.

Lembrancinhas da província das cerejeiras

As famosas bonecas japonesas de madeiras foram os primeiros modelos a serem criados (divulgação)

A província de Yamagata é um local que atrai diversos turistas tanto pelas suas belezas naturais quanto arquitetônicas, que costumam refletir a ideia de um ambiente antigo, confortável e bem cuidado, fato comprovado pelos inúmeros templos, onsen e cafeterias que proporcionam uma sensação de harmonia e trazem um pedaço do passado ao presente.
Resumindo tudo isso, há as lembrancinhas populares da prefeitura: os famosos bonecos Zao Tayaku, conhecidos também como kokeshi (bonecas japonesas de madeira) de Yamagata. Esses foram os primeiros modelos a serem criados há mais de 400 anos, possuindo o design mais simplificado e único com cabeça arredondada e corpo cilíndrico, ambos pintados à mão com tintas pretas e vermelhas.
Assim, e com todas as suas atrações, a província de Yamagata tem se provado um ambiente rico em experiências, sentimentos e momentos que podem ser vivenciados de maneira simples e única que só a prefeitura pode proporcionar.
(Mariana Kisaki)

Comentários
Loading...