Xerelete

Caranx crysos

Por Marcelo Szpilman e ilustração de Antônio Woyames

Coloração: Dorso verde-azulado com flancos e ventre cinza-prateados a dourados. Apresentam uma mancha escura no opérculo, ao nível do olho. Pontas da caudal escurecidas. Os espécimes juvenis apresentam cerca de sete barras verticais escuras no corpo.

Características: Corpo alongado e comprimido lateralmente com focinho levemente pontudo, olhos de tamanho médio e cobertos parcialmente por pálpebras adiposas. O final da maxila superior está situado abaixo do meio do olho. Peitoral falcada e longa, ultrapassando a origem da anal. Pedúnculo caudal com um par de quilhas dérmicas. Linha lateral com 42 a 56 escudos na região posterior (reta). Escamas pequenas e ciclóides. Podem chegar a 8 kg, mas o comum são peixes de1,2 kg.

Ocorrência: Nos mares tropicais e temperados quentes do Atlântico. No Brasil, ocorrem por praticamente todo o litoral.

Habitat: Pelágicos costeiros, vivem e nadam próximo da superfície da água. Os espécimes juvenis costumam estar associados aos bancos de sargaço flutuantes.

Hábitos: São encontrados em pequenos a grandes cardumes em locais abertos, como as praias e ao redor de ilhas. A desova ocorre em mar aberto, de janeiro a agosto. Alimentam-se de pequenos peixes, camarões, caranguejos e outros invertebrados.

Captura: Sua carne é considerada boa ou razoável. Apesar de não alcançar bom valor no mercado, é encontrada com frequência, fresca, congelada ou salgada. São capturados com vara de pesca, linha de mão, rede de cerco, rede de arrasto e rede de espera. A evisceração e sangramento do peixe com a amputação da cauda, logo após a captura, melhora o sabor de sua carne. É muito utilizado também como isca para peixes maiores. São peixes de passagem apreciados por pescadores esportivos e submarinos. Costumam dar uma rápida passada ou mesmo uma volta em torno dos mergulhadores.

Outros nomes vulgares: Carapau (ES), cavaco, chumberga (BA pequeno porte), graçainha, guaraçu, guaricema (BA grande porte), guarajuba, guarassuma (PE), solteira, xarelete (SP).

Comentários
Loading...