Ronaldo Ogasawara assume presidência do RCSP Brasil Japão com missão de estreitar relações com clubes rotarianos do Japão

Ronaldo Ogasawara, presidente da gestão 2021-2022 (reprodução)

Novo presidente do Rotary Club de São Paulo Brasil Japão, Ronaldo Yuzo Ogasawara pretende estreitar relações com os clubes rotarianos do Japão. A ideia é realizar projetos de subsídios globais junto com a Fundação Rotária “e assim poder contribuir com as entidades nikkeis e não nikkeis promovendo os projetos humanitários necessários”.
“A minha meta como presidente é manter os associados de forma segura nos projetos assistenciais que realizamos, pois o rotariano está acostumado em ações que estamos expostos, e até que todos estejam vacinados precisaremos de muita cautela”, disse Ogasawara ao Jornal Nippak.
A Cerimônia de Transmissão e Posse do Presidente e Conselho Diretor foi realizada de forma virtual pelo canal do Youtube no dia 30 de julho e contou com mensagens e depoimentos da governadora do Distrito 4420, Alaíde Vitorino; do cônsul geral do Japão em São Paulo, Ryosuke Kuwana; do presidente do Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social, Renato Ishikawa, e do presidente do NEB (Nikkey Empreendedores do Brasil), Paulo Nishimura., além do presidente da gestão 2020-2021, Márcio Kazuo Watanabe.

Ações – O presidente que ora deixava o cargo, aliás, destacou em seu discurso que, “apesar de todas as dificuldades enfrentadas” ao longo do ano passado por conta da pandemia, “fizemos muitas ações sociais”. Desde que foi fundado, em 18 de junho de 2020, ainda na gestão da presidente Paula Kashin Ogasawara, o RCSP Brasil Japão – o primeiro clube satélite a se tornar um clube rotário na história do Distrito 4420 – realizou diversas ações como palestras, doações de calçados e máscaras (Bahia e Fortaleza), Projeto Corona Zero – testagem em funcionários e residentes – na Associação Pró-Excepcionais Kodomo-No-Sono e Sociedade Beneficente Casa da Esperança “Kibô-No-Iê”; doação de produtos semi novos e novos para a ACE Saúde e o Natal da Solidariedade – ação conjunta com o Instituto GPA que resultou na arrecadação de 6,32 toneladas de alimentos e produtos de higiene e limpeza que foram doados para a Kibô-No-Iê, Kodomo-No-Sono e Ikoi-No-Sono.

Paulo Nishimura (reprodução)

Legado – Empresário da área de construções e montagens industriais e atualmente presidente do NEB, grupo que reúne cerca de 80 associados empresários, além de presidente da Associação Cultural e Esportiva Piratininga – tradicional clube nikkei de São Paulo – e conselheiro de outras associações nikkeis, Paulo Nishimura parabenizou o presidente e toda diretoria pela posse, “na certeza que levará os valores e legados de nossa comunidade”.

Renato Ishikawa (reprodução)

Valores e legados que também foram ressaltados pelo presidente do Bunkyo. “Conhecendo o presidente Ronaldo [Ogasawara] tenho certeza que ele trabalhará muito para deixar um legado, transmitindo os valores e princípios que estão alinhados com os ideais do Rotary e que possamos retribuir o bem que nós recebemos”, disse Renato Ishikawa, lembrando que o RCSP Brasil Japão “é um clube formado pela liderança jovem, com forte participação em projetos sociais e com firme propósito de preservar a cultura japonesa e seus valores recebidos dos nossos pioneiros”. “E isso só se faz possível quando temos a sorte de encontrar pessoas como o senhor Ronaldo Yuzo Ogasawara que, apesar de todas as suas atividades, encontra espaço para dar de si antes de pensar em si”, destacou, referindo-se ao lema que move os rotarianos.

Sem fronteiras – Ishikawa disse ainda estar informado que o Rotary Club de São Paulo Brasil Japão “é um clube sem fronteiras, contando com associados residentes nos Estados de São Paulo, Ceará e Bahia e também nos Estados Unidos”. “Foi o primeiro clube satélite a se tornar clube rotário no Distrito 4420. A maioria são jovens, na faixa etária de 40 anos, nikkeis e não nikkeis, que cultivam os princípios e valores da cultura japonesa”, explicou Ishikawa que finalizou seu discurso com um convite para que “juntos, Bunkyo e Rotary, possam trabalhar em prol da comunidade, seguindo os princípios da nossa gestão: unidos em um futuro melhor”.

Cônsul Ryosuke Kuwana (reprodução)

Já o cônsul Ryosuke Kuwana parabenizou o ex-presidente Márcio Watanabe. “Soube que o clube realizou várias atividades mesmo em meio à pandemia, incluindo ações de caridade como doações de alimentos para entidades como a Kibô-No-Iê, Kodomo-No-Sono e Ikoi-No-Sono, além da realização de exame de PCR para os residentes e funcionários destas entidades”, frisou o cônsul.

Daruma – Antes da fala da governadora do Distrito 4420, Ronaldo Ogasawara apresentou os membros do Conselho Diretor e, segurando o darumá, pediu para que todos “assinassem o boneco, ou melhor, o espírito evoluído para que juntos possamos formar uma poderosa egrégora”.

Alaíde Vitorino (reprodução)

Fechando a série de discursos, Alaíde Vitorino explicou que o Rotary “é uma organização de abrangência mundial, formada por pessoas que têm no seu ideal fomentar o elevado padrão de ética, estabelecer a paz e a boa vontade”.
E lembrou que o presidente do Rotary Internacional, Shekhar Mehta, “rotariano dedicado e com grande sonho a realizar, assume tão honroso cargo de presidente internacional”. “Eu imagino como o nosso presidente está se sentindo perante a responsabilidade do tamanho de uma organização como o Rotary Internacional e para nos presentear com o logo e, principalmente, com o lema ‘servir para transformar vidas, o presidente Shekhar Mehta, talvez baseado em sua experiência empresarial, rotária ou de vida, enxergou nos momentos atuais a grande necessidade desta transformação e com apenas três iniciativas especiais ele nos pede grande atenção: ampliar o nosso impacto através do servir; expandir o nosso alcance com a admissão de novos associados e o empoderamento das meninas através da educação, da saúde, segurança econômica e bem estar, e assim tratar das desigualdades que elas enfrentam no mundo inteiro”, disse Alaíde, concluindo que “tenho certeza que o novo presidente conduzirá o Rotary Clube São Paulo Brasil Japão com muita seriedade, humildade, motivado e engajado, principalmente com o nosso lema, ‘servir para transformar vidas’, e também com o lema do Rotary Internacional, ‘dar de si antes de pensar em si’. Sei que contará com a dedicação de todos os companheiros do Rotary Club São Paulo Brasil Japão, um clube com magníficos trabalhos prestados à comunidade, ao nosso Distrito e ao Rotary Internacional”.

Rotary Club de São Paulo Brasil Japão

Presidente e Conselho Diretor – Gestão 2021/2022

Presidente – Ronaldo Ogasawara
Vice-Presidente – Tomohiro Ishida
1º Secretário – Newton Kariya
2º Secretário – Fabio Miura
1º Tesoureiro – Yoshio Niwa
2º Tesoureiro – André Wakimoto
1º Protocolo – Tomohiro Ishida
2º Protocolo – Eric Hanai
Coordenadora da Fundação Rotária – Naomi Yabusaki
Coordenadora do Desenvolvimento do Quadro Associativo – Stela Shimba
Coordenador de Imagem Pública – Joy Yamamoto
Coordenador de Administração – Danny Antezana
Conselheiros Fiscais – Alexandre Kita, Mauricio Yung e Marcelo Harada

Comentários
Loading...