Pequenos peixes, grandes pescarias!

Nem sempre os peixes alvos são aqueles bitelos pesando mais de 20kg. Pescarias de pequenos peixes como as saicangas, proporcionam enorme satisfação dependendo do material utilizado.

Por: Mauro Yoshiaki Novalo

É falsa a idéia que peixe para pescador só valem os grandões, os” peso pesados”. Principalmente para os adeptos do catch release (pesque e solte), a grande alegria é a chance de iludir, capturar e soltar,principalmente utilizando iscas artificiais.
Pescarias realizadas em pequenos rios, riachos, lagos, córregos são ideais para quem mora em lugares tranquilos. Imagine passar uma manhã esticando as linhas em rios calmos, com a segurança de só esperar e presenciar o peixe bater na isca?
Infelizmente devido ao perigo de assaltos ou de ter o carro surrupiado, isto não é aconselhável de se realizar próximos de alguns grandes centros urbanos do país. Mas em cidades pequenas, vale e muito, aproveitar para pescar seus “ trofeuzinhos”.
Iscas artificiais desenvolvidas especialmente para estas espécies são ideais para o sucesso. Bom é utilizar conjunto micro de vara com molinete (facilitam o arremessos de iscas leves), e se precisar, faça uso da bóia de arremesso. Equipamento de fly com numeração igual ou abaixo de #2 é esportividade na hora da fisgada. Para a modalidade, existem variedades de iscas confeccionadas para estas espécies. Se por acaso, é você quem as faz, então sua emoção e alegria serão dobrados!
Sobre as iscas, nada mais acertado como conversar com os pescadores locais para saber o que o peixe está comendo no momento. Observar frutos e insetos que caem na água é mais um passo na direção certa. O ideal é que sua caixa de iscas tenha variados tipos de imitações, em diversas cores e tamanhos.
A pescaria é no visual, caminhando dentro dágua, sempre subindo o rio, verificando os pontos próximos as margens ou mais para o meio, procurando peixes a atacar insetos, sementes, pequenos frutos. Facilmente você detecta aquele rastro de folhas seguindo rio abaixo, e aí misturados, podem estar estes pequenos e valentes. Mas não deixe de seguir seu instinto, só se pega peixe com a isca nágua. Então arremesse!!!

Grandes chances de mais ataques, são ao nascer ou no por do sol. Mas é claro que isso não é regra fixa. Já a chuva forte pode atrapalhar, pois suja a água com terra desprendida das margens o que pode afugentar estes pequeninos.
Bonés ou chapéus, óculos de proteção, roupas leves e botas de caminhada são indispensáveis. Acrescente água e lanches, e você já tem o necessário para sua empreitada. Sempre bom ter uma caixa de primeiros socorros, e equipamento reserva de pesca, pois imagina a frustação, caso tenha uma avaria mais séria que não possa ser consertada de imediato.
Uma boa regra de segurança é sempre ir acompanhado, deixar avisado os mais próximos sobre onde vai estar e o horário previsto para o retorno.
Além da alegria das capturas, são grandes as possibilidades de imagens cinematográficas serem captadas pela lente do seu smartfone! Precisa de mais???
Se você ainda tem a chance de ter um local assim para pescar lambaris, saicangas, bagres, piaus, aproveita!!!! Pois nós, moradores de cidades como São Paulo, não temos mais esta oportunidade.


Apoio

Deconto Iscas Artificiais www.morodeconto.com.br
Maré Iscas www.mareiscas.com.br
Moro Fishing www.morofishing.com.br
Piscicultura Chang www.pisciculturachang.com.br
Uhobby www.uhobby.com.br

Comentários
Loading...