PARANÁ: Cônsul do Japão visita Câmara Municipal de Curitiba

Nori Seto presenteou o cônsul com uma camisa do Coritiba (Gabinete do vereador Nori Seto)

A sessão plenária de 10 de novembro da Câmara Municipal de Curitiba (CMC) teve a participação do cônsul geral do Japão, Keiji Hamada. O diplomata japonês esteve na Casa a convite do vereador Nori Seto para se apresentar aos vereadores e vereadoras, pois assumiu o posto atual no mês passado.
Antes da sessão, o cônsul esteve no gabinete do vereador Nori Seto, onde o parlamentar entregou uma camisa do Coritiba, que garantiu acesso para a Série A do Brasileirão em 2022, para Hamada e recebeu um presente. Posteriormente, o cônsul foi recebido no gabinete da presidência pelo vereador Tico Kuzma. Os dois conversaram sobre os desafios trazidos pela pandemia e formas de intensificar as relações entre os dois países. Kuzma comentou ainda sobre projetos estruturantes de Curitiba, como o Bairro Novo da Caximba, que deve beneficiar até 1.700 famílias e representa investimentos de quase 50 milhões de euros, e os mais de R$ 2 bilhões previstos em investimentos no projeto de lei do Plano Plurianual (PPA), que está em tramitação no Legislativo.

Keiji Hamada visitou a Câmara Municipal a convite do vereador Seto (Assessoria de comunicação da CMC)

O cônsul-geral do Japão, que possui jurisdição sobre os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, trocou presentes com o presidente Kuzma. A Câmara recebeu uma peça de cerâmica Tamba Tachikui, fabricada na Província de Hyogo, cidade de Sasayama e arredores, em um dos seis fornos mais antigos do Japão. Já o cônsul foi agraciado com uma peça em vidro que representa o Palácio Rio Branco, sede histórica da CMC e com o livro Curitiba – biocidade.
Em plenário, Nori Seto deu boas vindas ao cônsul, que já atuou em países como Zimbábue, Moçambique e Botsuana. Ele colocou a Câmara de Curitiba à disposição para contribuir com o trabalho do consulado e com as relações bilaterais entre Brasil e Japão. O vereador destacou que Curitiba possui a segunda maior comunidade nikkei do Brasil, com aproximadamente 40 mil descendentes de japoneses. “Temos vários locais em Curitiba que fazem referência ao Japão, presença forte na gastronomia e tradição em eventos culturais, como os festivais matsuris”, disse.
(Fonte: Assessoria de Comunicação da CMC)

Comentários
Loading...