ORIGEM DO KARAOKÊ: Do Japão para o mundo: o entretenimento que une gerações

Entretenimento deixou de ser apenas dos japoneses e se espalhou pelo mundo (divulgação)

Quem um dia pensou que cantar com um microfone na mão para uma plateia fosse algo apenas para quem tem dom e voz, certamente se surpreendeu com o surgimento do karaokê, em 1971. Projetada por Daisuke Inoue, as primeiras máquinas de karaokê eram pequenas caixas tecnológicas compostas por um microfone e algumas versões instrumentais de suas músicas que tinham como objetivo o entretenimento do público, apesar disso, devido ao preço inacessível, as caixas musicais estavam presentes apenas em bares, restaurantes e hotéis como forma de atrair clientes e, consequentemente, lucro ao estabelecimento.
O ato de cantar de maneira amadora foi se tornando cada vez mais popular, sendo relacionado à socialização, eliminação do estresse e liberação das emoções, comprovando a simples expressão “quem canta seus males espanta” e aumentando o número de máquinas de karaokês em residências, essas que duraram por pouco tempo no Japão, uma vez que incomodava diversos vizinhos, pela falta de isolamento acústico.
Com o início de um problema, a solução não foi seu fim. Em 1984, foram criadas salas com isolamento, conhecidas por karaokê box que possibilitavam a reunião privada de amigos, colegas ou familiares, que buscavam se divertir cantando espontaneamente, sem olhares estranhos.
Assim começou a história do entretenimento de décadas que une gerações e diversos países.

Expansão do karaokê pelo mundo

Nos anos 90, quando as máquinas de karaokê já não eram mais dependentes de fita cassete e possuíam monitor com as letras das músicas, esse entretenimento deixou de ser apenas dos japoneses e passou a se espalhar pelo mundo, começando pelos países asiáticos, como a Coreia do Sul e China.
Posteriormente, o resto do mundo conheceu essa nova forma de divertimento e distração por meio dos imigrantes japoneses que mantinham o ato de cantar como uma maneira de preservar a união da comunidade.
Internacionalmente, o karaokê fez tanto sucesso que gerou brincadeiras e desafios que aumentam a dificuldade, diversão e socialização durante os cantos, alguns exemplos acontecem nos Estados Unidos e no Brasil. Nos EUA, é comum realizar o chamado “Kamikaze Karaoke” ou “Karaoke Roullete”, jogo no qual os participantes optam por um gênero musical e um número que definirá a música a ser cantada, essa que por vezes pode ser pouco conhecida.
Enquanto isso, no Brasil, são promovidas competições nas quais um indivíduo com o microfone chama “Cara!” e recebe como resposta “O quê!”, sendo instigado a um duelo.
De qualquer modo, independentemente se é para cantar ou disputar, o karaokê foi dando voz a todos que sentiam a necessidade de se expressar e libertar suas emoções, se tornando popular e cada vez mais evoluído.

Máquinas de karaokê eram dependentes da fita cassete (divulgação)

Curiosidades
Embora o karaokê seja resumido basicamente como cantar de forma amadora, esse tipo de entretenimento tem se tornado tão sério que atualmente possui diversos concursos e alguns recordes para se gabar. Além disso, se você ainda é uma das pessoas que não canta devido à timidez, nessa lista há os motivos do porquê participar de um karaokê, essa será uma descoberta e tanto para a sua mente e seu corpo.

Origem do nome
O nome karaokê é originário do japonês, composto por duas palavras: “kara” (traduzido para o português como “vazio”) e “okesutura” (que significa “orquestra”), logo, sua tradução literal é “orquestra vazia”, o que explica o conceito das máquinas criadas por Daisuke Inoue.

Tecnologia
A primeira tecnologia do karaokê foi a famosa máquina desenvolvida por Daisuke Inoue, contudo seu nome não se manteve nas máquinas mais evoluídas devido o cantor não ter patenteado a ideia, de modo que quatro anos depois, seu feito foi modernizado pelo inventor Roberto del Rosário e patenteado nos anos 80. No final dos anos 80, houve o surgimento dos DVD players que passaram a substituir as fitas cassetes e os livros com as letras das músicas, já que agora as letras podiam aparecer na tela da TV. Em sua maioria as máquinas de karaokê possibilitam alteração do tom musical para que o indivíduo possa cantar com o seu alcance vocal, apesar disso e de toda repercussão desse novo entretenimento, essa nova tecnologia em residências não fez tanto sucesso nos Estados Unidos, se tornando meramente o conhecido home theater com a opção secundária para canto.

Maiores concursos
Se para muitas pessoas o karaokê é apenas uma nova forma de diversão, há quem negue e leve isso muito a sério, como por exemplo, o indivíduo que cantou por mais de 446 horas, num clube da Finlândia, em 2008, e os diversos participantes de concursos e competições musicais que buscam uma forma de mostrar seus talentos ao mesmo passo que anseiam pelo prêmio.
Dentre os torneios mais famosos está o Karaoke World Championships (KWC). que acontece desde 2003, na Finlândia, e tem reunido participantes de aproximadamente 30 países. Esse evento é considerado extremamente importante e honroso, uma vez que foi o pioneiro na existência de competições de canto tanto na modalidade adulta quanto infantil.

Ato de cantar foi relacionado à socialização e eliminação do estresse (divulgação)

Benefícios do canto
O canto é um passatempo praticado por muitos na hora do banho, da faxina ou até mesmo dos afazeres na cozinha, contudo ainda há quem se negue a cantar devido à timidez, mesmo em momentos mais privados. Apesar disso, é essencial ter em mente que: o ato de cantar pode te dar mais segurança, autoestima e diminuir sua introversão, além de:

    • Melhorar sua postura e respiração;
    • Auxiliar no relaxamento e diminuição da ansiedade e do estresse;
    • Trazer mais bem-estar e saúde, devido à liberação de hormônios;
    • Ajudar na memória e capacidades cognitivas;
    • Fortalecer abdômen e músculos faciais;
    • Tornar mais expressivo.

Então, por que não se cuidar com divertimento? Essa é uma boa maneira de trazer mais alegria e saúde à sua rotina, em alguns minutos do seu dia. (Mariana Kisaki)

Comentários
Loading...