No adulto, ainda somos os melhores da América?

Adriana, Bruna, Caroline e Lily (divulgação)

Nesta semana, tivemos a participação brasileira no Campeonato Pan-americano adulto em Lima, no Peru, sendo que, recentemente, fomos muito mal na categoria menores com apenas 2 medalhas de ouro das 14 em disputa, nas diversas provas disputadas.
Será que no futuro conseguiremos estes resultados na categoria que realmente nos interessa?
Hugo Calderano, Gustavo Tsuboi, Vitor Ishiy, Eric Jouti, Bruna Takahashi, Jessica Yamada e Caroline Kumahara, representam o nosso pais.
Medalha de ouro – Calderano no individual e nas duplas mistas com Vitor e Bruna.
Medalha de prata – Bruna no individual.
Medalhas de bronze – Caroline e Vitor no individual, mais Vitor e Eric nas duplas.
Agora estão disputando as últimas modalidades por equipes e o Brasil segue como favorito em ambas.
Até o momento, Brasil tem 2 ouros, seguido de Porto Rico 2 ouros e Argentina – 1 ouro, porem na quantidade de pratas e bronzes, Brasil e soberano, ou seja, no adulto 2/5 ouros de 5 em disputa, contra 2/14 nas categorias menores.
Destaque especial para Hugo Calderano 5º no ranking mundial, que perdeu apenas 4 sets em toda competição e a porto-riquenha Adriana Diaz, 17ª no ranking mundial, que eliminou as três brasileiras (Jessica, Caroline e Bruna) da competição e perdeu apenas 3 sets, até o momento.
Bruna Takahashi, teve muita chance de vencer a Adriana quando estava na frente, com o placar de 3-2 e um 8 a 8 em sets. Gustavo Tsuboi parou no chinês naturalizado canadense Eugene Wang, que também perdeu apenas 5 sets na competição, Eric Jouti parou no Paraguaio Marcelo Aguirre, e Vitor Ishiy perdeu para o compatriota Calderano. Esta foram as participações dos nossos brasileiros
O que está faltando? Verba? Para ter uma ideia de como andamos, para o próximo mundial em Houston USA, alguns atletas acima citados, teriam que pagar suas despesas para participar da competição mais importante do mundo, juntamente com as Olimpíadas.
Será que vamos manter esta hegemonia? Por mais quantos anos? Motivação, planejamento, espelho, espero que não influenciem os garotos para seguir treinando com afinco.

Comentários
Loading...