Kishida evita criticar mudança na política de distribuição de benefício

O primeiro-ministro Fumio Kishida fala no Parlamento em Tóquio, em 14 de dezembro de 2021. (Kyodo)

14/12/2021 – 14:09:19 JST – TÓQUIO – O primeiro-ministro Fumio Kishida, na terça-feira, evitou criticar a decisão de seu governo de permitir que os municípios alocassem 100.000 ienes (US$ 880) de benefícios todo em dinheiro para as famílias com crianças, apesar de seu plano original de dar metade em vales resgatáveis.

Você precisa acessar sua conta para ver todo o conteúdo. Por favor . Não é um membro? Junte-se a nós
Comentários
Loading...