Itaim Keiko/JJ Yamada conquista títulos Brasileiro e Paulista do Troféu Eficiência

Equipe Itaim Keiko/JJ Yamada assegurou os títulos estadual e nacional (divulgação)

Clube fundado em 1983 por Minako Takahashi e Kyozo Abe, o Itaim Keiko/JJ Yamada conquistou mais dois importantes títulos para sua coleção. A equipe paulista conquistou, pela segunda vez consecutiva, o Troféu Eficiência Olímpico no último TMB Platinum – Campeonato Brasileiro – e também sagrou-se campeã pela Federação de Tênis de Mesa do Estado de São Paulo, conquista que já se repete há 29 anos.
O título do Troféu Eficiência Olímpico veio com três medalhas de ouro, duas de prata e sete de bronze, somando 9 mil pontos.
A equipe santista do Saldanha da Gama/Joola/ADC Estrela/Sta. Cecília, que subiu ao alto do pódio nos dois Absolutos principais, ficou em segundo lugar, com 5.400 pontos, creditados pelas duas conquistas e mais uma prata e quatro bronzes. A SERC Santa Maria/São Caetano ficou na terceira colocação, com 5.200 (um ouro, três pratas e três bronzes).
Jogadores e treinadores que se destacam na Seleção Brasileira fizeram parte da conquista nacional deste ano, como Leonardo Iizuka (dois ouros), que faz parte do Programa de Desenvolvimento da CBTM, Andrews Martins, técnico das categorias de base da Seleção, e Cazuo Matsumoto, ex-jogador da Seleção e atualmente treinador no clube. Eric Mancini, que é técnico de Leonardo Iizuka, é outro destaque entre os técnicos.
Pelo Troféu Eficiência da Federação Paulista, o Itaim Keiko/JJ Yamada somou 1160 pontos contra 480 da vice-campeã, a Associação Nikkey de São José dos Campos. O Clube Ituano de Esportes ficou em terceiro com 380 pontos.
“Vamos continuar trabalhando rumo ao 30° ano como o melhor clube da Federação e também ser recordista de títulos na Confederação. Queremos formar cidadãos preparados para o mundo, continuar como uma escola de vida, mais do que apenas ensinar tênis de mesa”, avisa Marcos Yamada, o atual presidente.
A equipe já revelou diversos atletas para o tênis de mesa brasileiro. Gustavo Tsuboi, Eric Jouti e Jessica Yamada, por exemplo, começaram a bater bola por lá. Atualmente com 250 alunos, promete continuar sendo um espaço para convivência.
“É um local para encontrar amigos e praticar o tênis de mesa, sempre foi este o objetivo do clube, com muita alegria e dedicação. O Itaim Keiko/JJ Yamada nunca teve fins lucrativos e arrecada o suficiente para se manter, mas com muito carinho e organização. Os resultados vieram como consequência do objetivo da Dona Minako, que sempre exigiu disciplina, respeito e colaboração. Se formar bons cidadãos, não precisam ser campeões, foi o legado da nossa conselheira e ex-presidente”, lembra Yamada.
(Fonte: CBTM e Federação de Tênis de Mesa do Estado de São Paulo)

Comentários
Loading...