Hospital Japonês Santa Cruz reforma seu centro de hemodiálise

Diretores, colaboradores e parceiros na cerimônia de agradecimento à Toray e GSI Creos (Nikkey Shimbun)

O Hospital Japonês Santa Cruz teve, recentemente, a recepção do centro de hemodiálise toda reformada. No dia 22 de outubro, aconteceu no local a cerimônia de agradecimento às empresas Toray Medical Co., Ltd. e GSI Creos Corporation que contribuíram para a renovação da área.
O evento teve a presença do presidente do Hospital Japonês Santa Cruz, Mario Sato, e do diretor Executivo, Marcelo Tsuji. E também do representante chefe da Toray na América do Sul, Naoyuki Otani, do diretor da Toray, Taisuke Maeda, da presidente da GSI Creos do Brasil, Daniela Brody, e do vice presidente da GSI Creos Group do Brasil, Dave Yatsuyanagi.
Os participantes conheceram o centro de hemodiálise e fizeram uma visita nas instalações. Além da recepção, que foi renovada com o apoio das duas empresas, o local conta com 8 equipamentos para realizar hemodiafiltração (HDF), da marca Toray.
Diferente da hemodiálise convencional, a HDF remove com mais eficiência toxinas urêmicas, como o fósforo, além de reduzir a sobrecarga cardíaca. “Um grande diferencial da HDF para os pacientes é preservar a função cardíaca. Ao final da sessão de hemodiálise por HDF os pacientes se sentem consideravelmente menos cansados que realizando a hemodiálise convencional e isso é um enorme ganho na qualidade de vida deles”, ressalta o presidente Mario Sato.
O atendimento com HDF é feito via convênio. O Hospital Japonês Santa Cruz possui ainda mais de 30 equipamentos que realizam a hemodiálise pelo processo convencional, atendendo via convênio e também aos pacientes do SUS.
Ao final do evento, o agradecimento à Toray e GSI Creos foi realizado com a entrega de uma placa que simboliza o reconhecimento pelo apoio recebido para a reforma do centro de hemodiálise.

Comentários
Loading...