HOMENAGEM: Governo japonês anuncia lista dos Homenageados com o Diploma de Honra ao Mérito do Ministro dos Negócios Estrangeiros

O governo japonês anunciou, no dia 20 de agosto, a lista dos Homenageados com o Diploma de Honra ao Mérito do Ministro dos Negócios Estrangeiros. Entre eles, 1 pertence à Jurisdição da Embaixada do Japão (Takao Akaoka, ex-presidente da Associação Rural e Cultural Alexandre Gusmão); 2 são do Consulado Geral do Rio de Janeiro (Sohaku Bastos, presidente do Instituto Cultural Brasil-Japão e Walter Atsushi Yoshida, vice-presidente da Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira do Estado Rio de Janeiro – Renmei); 4 são do Consulado Geral do Japão em Curitiba (Eduardo Tominaga, vereador de Londrina, Jairo Tamura, presidente da Câmara Municipal de Londrina, Takashi Suzuki, presidente do Instituto Paranaense de Ikebana Ikenobo América do Sul e Nori Seto, vereador de Curitiba) e 2 são do Consulado Geral do Japão em Recife (Alice Lumi, professora da Universidade Federal da Paraíba e Mamoru Kondo, presidente do Grupo de Terceira Idade Akebono, da Associação Cultural Japonesa do Recife), além da Associação Nipo-Brasileira de Parintins, pelo Consulado Geral do Japão em Manaus.
Da Jurisdição do Consulado Geral do Japão em São Paulo que, além de São Paulo, abrange os Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Região do Triângulo Mineiro, são 05 homenageados: o presidente do Conselho Deliberativo do Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social), Jorge Yamashita; o professor titular Sênior do Departamento de Anatomia Humana do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, Ii-sei Watanabe; o vereador Aurélio Nomura; o presidente da Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol, Jorge Otsuka e o presidente da Associação Chado Urasenke Tankokai Brasil, Erisson Thompson de Lima Júnior.

Jorge Yamashita

Engenheiro e especialista em metrô – em sua juventude realizou um curso de especialização em construção de metrôs no Japão por meio da AOTS (The Association for Overseas Technical Cooperation and Sustainable Partnerships), entidade na qual, desde 1995, ocupa cargos na Diretoria e no Conselho, contribuindo para o avanço das relações de amizade entre os dois países também por meio do intercâmbio técnico, Jorge Yamashita ocupa cargos de destaque no Bunkyo desde 1997.
Para ele, receber a homenagem do Ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão é motivo de honra e o deixa “imensamente grato a todas as pessoas e entidades que me apoiaram e me orientaram na caminhada da minha vida, oferecendo as oportunidades para que eu pudesse participar de diversas atividades da comunidade nipo-brasileira e no relacionamento Brasil e Japão”.
Yamashita agradeceu, em especial, o cônsul geral Ryousuke Kuwana e “a todos os integrantes do Consulado Geral do Japão em São Paulo e ao Ministério dos Negócios Estrangeiros do Japão por esta honrosa homenagem à minha pessoa”.
Ao Jornal Nippak, Yamashita disse que “sente-se honrado e agradecido, mas ao mesmo tempo, sinto-me constrangido por considerar que não consegui realizar nada de especial até agora para este merecimento”.
“Tudo que pude desenvolver foi graças às oportunidades que o Bunkyo me proporcionou ao longo de todo esse tempo, desde que fui contemplado com a bolsa de estágio técnico ao Japão”, disse.
Grandes oportunidades que, segundo ele, vieram através das atividades desenvolvidas pelo Bunkyo “!que sempre se relacionou com os órgãos públicos e privados do Japão e do Brasil relacionados com a nossa comunidade, com as empresas japonesas instaladas no Brasil através da Câmara do Comercio Brasil-Japão, e com todas as entidades nipo-brasileiras deste País através dos diretores regionais da entidade”. “Aprendi muito com as ricas experiências e orientações dos nossos Senpais de várias regiões do Brasil. Portanto, o meu imenso agradecimento ao presidente Renato Ishikawa e aos membros da diretoria do Bunkyo, bem como a todos os presidentes e diretores que o antecederam e que me contribuíram na minha formação”, disse Yamashita, que concluiu com um sentimento “de imensa gratidão a todas as pessoas por essa homenagem e me colocar sempre à disposição para continuar participando das atividades da comunidade nipo-brasileira e no estreitamento cada vez mais forte do relacionamento Brasil-Japão”.

Erisson Thompson de Lima Jr.

Erisson Thompson de Lima Jr., que presidiu a Associação de Ikebana do Brasil de 2012 e 2020, e desde 2009 preside a Associação Chado Urasenke Tankokai Brasil, também ficou surpreso “com essa grande honraria”. “Quero externar meu sentimento de gratidão ao cônsul geral do Japão em São Paulo e aos integrantes deste Consulado, bem como ao Ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão por concederem a mim, um brasileiro não descendente de japonês, tamanha honraria com o Diploma de Honra ao Mérito do Ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão do Terceiro Ano da Era Reiwa”.
Segundo ele, “nós somos construídos graças à generosidade de um enorme número de pessoas que compartilham seus conhecimentos e ideais.Por isso, agradeço a todos, em especial ao Bunkyo, através de seus diretores e associados, a Associação de Ikebana do Brasil, onde presidi por 12anos, ao Centro de Chado Urasenke, a Igreja Messiânica Mundial do Brasil e aos professores e alunos da Ikebana Sangetsu”. “Estou envolvido com a cultura japonesa por meio da arte da Ikebana e da Cerimônia do Chá há mais de 40 anos. Neste longo caminho vim me dedicando para expandir os princípios dessas artes, que vão muito além do senso estético”, explicou, acrescentando que gostaria de incentivar o incremento da cultura japonesa no Brasil, “pois creio que seja uma excelente ferramenta na formação de seres humanos integrais”. “E assim, estabelecer pontes onde possamos interagir uns com os outros. E esta honraria significa a consolidação deste caminho”, concluiu.

Aurélio Nomura

Aurélio Nomura – Em seu sétimo mandato como vereador do município de São Paulo, Aurélio Nomura lembrou que “quando o cônsul geral Ryosuke Kuwana me ligou e comunicou que o Ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão me outorgou o Diploma de Honra ao Mérito, fui tomado de uma emoção , pois nunca imaginei receber tal honraria e devo isso graças aos amigos, as entidades que sempre nos apoiaram nas reivindicações, nos estimulando e ajudando do que for preciso”. “Assim, desejo agradecer a todos e dizer que recebo esse prêmio em nome de todos vocês”, explicou o parlamentar.

Também foram homenageados:

Ii Sei Watanabe

Ii-sei Watanabe – Autoridade na área da Anatomia, reconhecido como um dos precursores na pesquisa utilizando microscópio eletrônico, Ii-sei Watanabe dedicou-se ao ensino na Universidade de São Paulo e em outras universidades por longos anos, aprofundando o intercâmbio com famosos pesquisadores japoneses nos dois países. Como membro da diretoria da SBPN (Sociedade Brasileira de Pesquisadores Nikkeis), em 2008 dedicou-se à realização do Simpósio Intercâmbio Brasil-Japão, contribuindo para o intercâmbio acadêmico nipo-brasileiro e a compreensão mútua. Ainda, como 1º presidente da Associação Brasileira de Taiko, por meio da realização do Festival Brasileiro de Taiko, dentre outros, contribuiu para a difusão da cultura japonesa e para as relações de amizade entre o Japão e o Brasil.

Jorge Otsuka

Jorge Otsuka – Presidente da Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol desde a sua fundação, em 1990, Jorge Otsuka dedicou-se por longos anos à formação de atletas baseada em valores do beisebol ao modo japonês, como “reverência”, “cumprimento com energia”, “cuidado com os equipamentos”. Além disso, em marcos importantes como dos 100 Anos da Imigração Japonesa no Brasil em 2008, empenhou-se com afinco em realizar torneios amistosos entre times brasileiros e equipes convidadas da liga colegial, universitária e de adultos profissionais do beisebol amador do Japão, entre outros eventos de intercâmbio, contribuindo grandemente para a promoção das relações de amizade e entendimento mútuo entre o Japão e o Brasil através do esporte.

Confira os demais homenageados:

Embaixada do Japão

Takao Akaoka – Como presidente da Associação Rural e Cultura Alexandre Gusmão, Takao Akaoka realizou com sucesso o evento anual “Festa do Morango”, em parceria com a Administração Regional de Brazilândia. Além disso, em conjunto com outros membros da diretoria e associados, planejou e realizou a “Festa da Goiaba”, que teve bastante sucesso. Comandou a direção da escola de língua japonesa, e transmitiu e divulgou a cultura japonesa aos filhos dos membros da associação, e assim contribuiu para aprofundar a amizade entre os membros e o fortalecimento da associação.

Consulado Geral do Japão no Rio de Janeiro

Sohaku Bastos – Sohaku Bastos atua como presidente do Instituto Cultural Brasil-Japão (ICBJ) desde 2015. Em 2018, enquanto vice-presidente da Comissão de coordenação dos eventos comemorativos dos 110 anos da imigração japonesa ao Brasil, Bastos coordenou a realização de diversos eventos comemorativos. Em 2020, ele doou um terreno para a inauguração da sede filantrópica do ICBJ em Laranjeiras, e segue contribuindo para a promoção do intercâmbio cultural entre Brasil e Japão.

Walter Atsushi Yoshida – Presidiu a Associação Nikkei do Rio de Janeiro e, atualmente, é o vice-presidente da Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira do Estado Rio de Janeiro – Renmei. Suas contribuições são notáveis, através do incentivo e fortalecimento da união e da confraternização entre as comunidades japonesa e nikkei, promovendo seu desenvolvimento, bem como através do estreitamento dos laços de amizade e entendimento mútuo entre o Brasil e o Japão.

Consulado Geral do Japão em Curitiba

Eduardo Tominaga – Além de assumir os cargos de diretor esportivo e vice-presidente da Associação Cultural e Esportiva de Londrina (Acel) durante 9 anos, também atuou por 5 edições como coordenador da Expo Japão, evento que reúne aproximadamente 30 mil pessoas, contribuindo para a promoção da cultura japonesa na região norte do estado. É membro ativo do Integranikkey, grupo que tem como objetivo fomentar a união dos nikkeis, bem como auxiliar no desenvolvimento profissional, pessoal e de negócios, e tem contribuído para o fortalecimento e desenvolvimento dos jovens nikkeis. Em 2017, assumiu o cargo de vereador de Londrina e criou um projeto, no qual apresenta a história da imigração japonesa no Brasil e a cultura nipônica aos alunos das escolas municipais, promovendo o entendimento mútuo entre o Brasil e o Japão.

Jairo Tamura – Neste ano, foi eleito presidente da Câmara Municipal de Londrina e está em seu terceiro mandato como vereador da cidade com uma das maiores comunidades nikkeis do estado. Tem atuado na obtenção de recursos para os eventos realizados pelas associações nikkeis (Expo Agrícola, e Expo Japão), bem como no incentivo aos empresários e agricultores, contribuindo para o desenvolvimento da comunidade nikkei e da economia na região. Antes de ingressar na carreira política, ocupou a presidência da Associação Cultural e Esportiva de Londrina (ACEL), trabalhando na organização e realização dos eventos, bem como na promoção e preservação da cultura japonesa através das atividades culturais e esportivas da entidade.

Takashi Suzuki – Durante 21 anos, atuou como mestre de ikebana ikenobo, participando dos festivais japoneses realizados pelas associações nipo-brasileiras do estado do Paraná e Santa Catarina, com a realização de demonstrações, workshops e exposições. Além disso, como presidente do Instituto Paranaense de Ikebana Ikenobo América do Sul, percorreu as filiais dando aulas, contribuindo fortemente para a divulgação da cultura do ikebana em todo o estado.

Nori Seto – Como presidente da Associação Cultural e Beneficente Nipo-Brasileira de Curitiba – Nikkei Curitiba, Nori Seto atuou na divulgação das atividades culturais e esportivas realizadas na entidade, bem como na divulgação da cultura japonesa através dos festivais como “Imin Matsuri” e “Haru Matsuri”. Além disso, auxiliou na reintegração dos ex-decasséguis à sociedade brasileira, contribuindo para o fortalecimento do intercâmbio entre os dois países. Em 2021, tornou-se vereador de Curitiba, e tem trabalhado para o desenvolvimento da comunidade nikkei.

Consulado Geral do Japão em Recife

Alice Lumi

Alice Lumi – Em uma cidade onde há poucos japoneses ou descendentes, a doutora Alice Lumi demonstrou liderança na fundação da Associação Cultural Brasil-Japão da Paraíba, e continua à frente de apresentações culturais japonesas através da música e da arte, em instituições de ensino, locais públicos e outros. Os grupos de Koto e Taiko, que ela própria ajudou a criar, e que são compostos por membros indiferentes de terem descendência japonesa ou não, cooperam nos principais eventos comemorativos relacionados ao Japão, com as outras entidades nikkeis em outros estados. Desta forma, ela contribui grandemente para o crescimento da amizade entre o Japão e o Brasil.

Mamoru Kondo

Mamoru Kondo – Na Associação Cultural Japonesa do Recife, Mamoru Kondo contribuiu como membro da Diretoria, Presidente e Vice-Presidente, durante longos anos. Na ocasião da vinda da Esquadra de Treinamento da Força Marítima de Autodefesa do Japão a Recife, a associação acolheu os tripulantes com grande hospitalidade, inclusive com a realização de um tour especial dos tripulantes pela cidade do Recife, com a colaboração de jovens associados, assim, formando profundos laços de amizades por ambas as partes. Também contribuiu para o aprofundamento da amizade entre o Japão e o Brasil através da realização de campeonatos de jogos de xadrez, como também da introdução do jogo de “Go” ao público local, aproveitando seus jogos favoritos. Além disso, durante a Comemoração dos 90 anos de Imigração Japonesa no Brasil, foram plantadas 200 árvores no Parque Memorial Arcoverde, que hoje já estão bem grandes, sendo utilizadas como mais um local para as pessoas relaxarem no Grande Recife.

Consulado Geral do Japão em Manaus

Associação Nipo-Brasileira de Parintins – Fundada em 1991, a Associação Nipo-Brasileira de Parintins é a única entidade que difunde a língua e a cultura japonesa no município de Parintins, Estado do Amazonas, onde teve início a colônia japonesa da região noroeste do Brasil. A Associação tem contribuído para disseminar a língua e a cultura japonesa, promovendo a compreensão sobre o Japão na comunidade local, através da implementação de cursos de língua japonesa, karatê e mangá, além de ter colaborado com a Semana de Cultura Japonesa que o Consulado-Geral do Japão em Manaus realizou em Parintins. Ainda, em parceria com o governo local, vem se empenhando para preservar e difundir a história dos imigrantes japoneses que se estabeleceram na região no período antes da Segunda Guerra Mundial.

Comentários
Loading...