Homenagem aos mesa-tenistas

Lidney Castro (arquivo pessoal)

Num momento em que a modalidade estava em plena ascensão, muitos eventos, atletas, clubes, 4 atletas masculino nos TOP 100 do mundo e 3 na ala feminina no TOP 150, surge um vírus no final de 2019 o letal Covid-19, que prejudicou todo o planeta em sua evolução natural.
Nesta difícil fase de pandemia, cancelaram-se Campeonatos Mundiais, Latino-Americanos, Sul-americanos, Abertos, Brasileiro Intercolonial, Opens, eventos estaduais e nacionais, mas o pior e que perdemos muitos amigos, amantes e praticantes da modalidade.
Teruo Naito, da Acenbo (Associação Nipo-Brasileira de Osasco); Yukie Yamamoto, de Suzano SP; Erenildo Custodio (Didi), de Volta Redonda RJ; Dr. Mario Miyazato da Acema (Associação Cultural e Esportiva de Maringá); Lidney Castro, da cidade de Santos; presidente da Federação SP; Mario Luz, do Rio de Janeiro RJ; Valdir Lamounier, de Belo Horizonte MG; Jimmy Chang, do Ajab SP; Jose Maria Teixeira, de João Pessoa PB; Valdemar Honda, do Piratininga SP; Rafael Horita, de Barreiras BA; Reina Yasuda, do Itaim Keiko JJYamada SP; Vito Fabian de Cruzeiro SP e muitos outros nos deixaram.
Elas foram pessoas importantes para a modalidade e agora basta rezar para que os clubes consigam sobreviver, a esta série de restrições, “lockdown” e o famoso “fica em casa” que reduziu drasticamente o número de mesa-tenistas, como, por exemplo, o Clube Juventus, que já fechou o Departamento de Tênis de Mesa, assim como alguns que ainda não retomaram suas atividades na mesa, tais como: SPFC, Helvetia, Castelo e outros kaikans e associações.

Comentários
Loading...