HARU MATSURI: Parque Bunkyo Kokushikan recebe a primavera com festival aberto para o público

Ideia é mostrar que o parque conta com outras belezas naturais, como os três lagos e muito verde (arquivo/Aldo Shiguti)

Neste mês, nos dias 25 e 26 próximos, os apreciadores e simpatizantes da cultura japonesa e também os amantes da natureza vão ganhar uma nova opção de passeio. Depois do sucesso do Hanami Drive-Thru, realizado em julho, o Centro Esportivo Kokushikan Daigaku – agora “rebatizado” para Parque Bunkyo Kokushikan – em São Roque (SP), vai abrir novamente seus portões para um novo evento. Trata-se da primeira edição do Festival da Primavera – Haru Matsuri, uma realização do Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social.
Além de saudar a chegada da estação mais florida do ano, o evento também deve atender uma antiga reivindicação dos frequentadores do Kokushikan, isto é, que o local fosse aberto para visitação mais vezes durante o ano.
Com uma programação para toda as idades, em meio à natureza, seguindo todos os cuidados preventivos e sanitários à Covid-19, o Festival da Primavera também vai mostrar que nem só de cerejeiras vive o Kokushikan – embora sejam mesmos os sakuras os responsáveis pela realização do maior e até agora mais conhecido evento do parque, o Sakura Matsuri. O próprio cônsul geral do Japão em São Paulo, Ryosuke Kuwana, ficou admirado com a beleza e dimensão do local quando visitou o Kokushikan pela primeira vez por ocasião da cerimônia de abertura do Hanami Drive Thru.

Anual – “A proposta de trazer um novo evento para o Kokushikan foi apresentada pela primeira em 2018 durante uma reunião do Sakura Matsuri. Começamos a trabalhar a ideia mas em 2020, por conta da pandemia, o projeto acabou sendo deixado de lado até que este ano retomamos o projeto”, explica o presidente da Comissão de Administração do Parque Bunkyo Kokushikan, Celso Mizumoto, que também preside a Comissão Organizadora do Festival.
Segundo ele, a ideia é tornar o Haru Matsuri uma atração anual, como já ocorre com o Sakura Matsuri. E, a exemplo do Hanami Drive-Thru, o Festival da Primavera também deve contar com a força e dinamismo dos membros da Comissão de Jovens do Bunkyo, sob o comando de seu presidente, Reafael Pettersen, coordenador do Evento.

Agendamento – Segundo ele, “como ainda estamos na fase de retomada de eventos presenciais, a visita poderá ser feita através de agendamento, em dois períodos, das 8 às 12h30 e das 12h30 às 17 horas”. Mas, diferentemente do Hanami, em que os visitantes podiam permanecer apenas 1h30 no Kokushikan, no Festival da Primavera será permitido ficar no local durante as 4h30, “seguindo todos os protocolos de segurança, como aferição da temperatura, uso de máscara e álcool gel”.
Pettersen explica que a ideia do agendamento é para evitar uma concentração de pessoas no horário próximo do almoço, período que os organizadores consideram ser o mais concorrido. “Quem desejar pode estender sua permanência adquirindo um ingresso no próprio local”, conta Pettersen, explicando que o controle de entrada e saída será feito através do ingresso, que estará custando entre R$ 16 (para quem adquirir o primeiro lote, até esta sexta-feira, dia 17) e R$ 20 (após o dia 18), por pessoa.
“Será cobrado R$ 10 a hora excedente, com 10 minutos de tolerância”, avisa Pettersen, explicando que haverá meia entrada para crianças até 11 anos de idade e idosos acima de 60 anos. Estudantes que apresentarem carteirinha também pagam meia entrada e devem adquirir seu ingresso somente na portaria. Crianças até 4 anos de idade não pagam.

Celso Mizumoto (presidente) e Rafael Pettersen (coordenador) (arquivo/Aldo Shiguti)

Atrações – Além de desfrutar de um agradável passeio – o local conta com três lagos – o público poderá aproveitar uma programação recheada para todos os gostos e a apenas uma hora de carro da Capital. A gastronomia, com oito barracas que serão montadas próximas ao ginásio de esportes, ficará a cargo das entidades parceiras: Associação Cultural e Esportiva de Vargem Grande, Associação Cultural de Mairinque, Associação Mallet Golf Kokushikan e Cotia Seinem Renraku Kyoguikai, Caucaia, Kendô Kokushikan, Associação Vila Nova Cachoeirinha e Restaurante Mikazuki (São Roque).
Haverá ainda diversos bazaristas, exposição de ikebana, venda de flores, frutas, verduras e legumes e, para a garotada, um espaço criança com brinquedos infláveis. Está programada também apresentações artísticas. E, para registrar, será montado um painel decorado com flores e bambus próximo ao lado principal para selfies.
Os visitantes também poderão participar de workshops de patchwork e origami. Para a cerimônia do chá, será cobrada um adicional (no dia) de R$ 20 por pessoa.

1º Festival da Primavera – Haru Matsuri
Quando: Dias 25 e 26 de setembro
O evento acontecerá em dois períodos: manhã (8h às 12h30) e tarde (12h30 às 17h), mediante a compra dos ingressos pelo site https://bit.ly/harumatsuribunkyo.
Caso queira permanecer em 2 períodos, manhã e tarde, será necessário a compra do ingresso para ambos os turnos.
A venda de ingressos será em 2 lotes, sendo eles:
• 1º lote: de 1º/9 à 17/09
Inteira: R$16
Criança (5 a 11 anos): R$ 8
Idosos (acima de 60 anos): R$ 8
• 2º lote: de 17/9 à 24/9
Inteira: R$ 20
Criança (5 a 11 anos): R$ 10
Idoso (acima de 60 anos): R$ 10
Criança abaixo de 5 anos a entrada é gratuita.
A meia-entrada estudante será vendida somente na porta do evento mediante a apresentação da Carteira de Identificação Estudantil, de acordo com a Lei 12.933/13, seguindo os padrões definidos por regulamentação do ITI e com validade em todo território nacional.

Haverá estacionamento gratuito no local, com vaga para PCD (pessoa com deficiência). Haverá aferição de temperatura na entrada do local, bem como orientações dos cuidados preventivos, como o uso de máscara durante o passeio e a higienização das mãos. Seu pet também é bem-vindo, desde que esteja acostumado com a presença de outras pessoas, permaneça na coleira e é de responsabilidade de cada dono a limpeza e cuidados durante a permanência no evento.

Na entrada do evento será entregue um cartão de acesso com algumas informações e ao término do passeio, a equipe validará o tempo de permanência e caso ultrapassado do que foi agendado (manhã ou tarde), poderá ser aplicado uma multa a cada 1h excedida, valendo a partir da tolerância de 10 minutos.

Para mais informações,
acesse as redes sociais:
Facebook:
/parquebunkyokokushikan
Instagram:
@bunkyokokushikan
Site:
bunkyo.org.br/br/home/

Comentários
Loading...