HAICAI BRASILEIRO: Primavera – Cavala – Glicínia

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.
Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.
Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.
A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.
Envie suas cartas para:
Haicai Brasileiro
A/C Jornal Nippak
Rua da Glória, 332
CEP 01510-000 São Paulo – SP
E-mail: ashiguti@uol.com.br


TEMAS DE SETEMBRO
Primavera – Cavala – Glicínia

os dois pescadores
curvados sobre a água
se bate a cavala
Carlos Viegas
Brasília, DF

Na banca da feira –
Cavalas de tons azuis
e olhos parados.
Cristiane Cardoso
São Paulo, SP

Luzes da alvorada
reverberam entre flores –
Volta a primavera
Cyro Mascarenhas
Brasília, DF

Primavera –
as flores sem nome
enfeitam a rua
Daniel Morine
Santos, SP

Os olhos se voltam
ao casarão em ruína –
Glicínia florida.
Fabiana Lessa
Nova Iguaçu, RJ

Perfume pelo ar –
Primavera novamente
traz seus aromas
George Goldberg
Londres, Inglaterra

comprei cavalinhas!
avisa a mulher depois
de fazer a feira
José Marins
Curitiba, PR

logo que amanhece
pescador parte animado –
tempo de cavala
Madô Martins
Santos, SP

Enfim primavera
Pelos portões entre as grades
pétalas de flores
Marina Rehfeld
Belo Horizonte, MG

As crianças olham
os cachos de glicínias!
Colorido sem fim…
Marli Tristão
São Paulo, SP

Nesta primavera,
aqui e ali uma flor
que não sei o nome
Matusalém Dias de Moura
Iúna, ES

A cada salto
seu dorso azulado reluz –
Cavala na briga
Mônica Monnerat
Santos, SP

beira-mar em festa –
mulheres assam cavala
juntam berinjelas
Paulo C. Freire
Maceió, AL

Dentes afiados
rompem a linha do anzol –
Foge a cavala
Regina Alonso
Santos, SP

No barco do avô,
A vibração do menino –
Primeira cavala.
Reneu Berni
Goiânia, GO

música ao longe:
um cacho de glicínia
balança de leve
Rose Mendes
Ilhabela, SP

O gato se apressa
a caminho da cozinha –
Filé de cavala
Taís Curi
Santos, SP

Com olhar de espanto
a cavala sobre as brasas
– Tarde de domingo.
Zekan Fernandes
São Paulo, SP

Temas de outubro (postar até 10 de setembro)
Girino – Miosótis – Plantar milho

Temas de novembro (postar até 10 de outubro)
Espinafre – Jataí – Dia da Bandeira

Comentários
Loading...