HAICAI BRASILEIRO: Primavera – Cavala – Glicínia

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.
Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.
Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.
A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.
Envie suas cartas para:
Haicai Brasileiro
A/C Jornal Nippak
Rua da Glória, 332
CEP 01510-000 São Paulo – SP
E-mail: ashiguti@uol.com.br


TEMAS DE SETEMBRO
Primavera – Cavala – Glicínia

Outra primavera –
No mesmo banco da praça
o velho casal.
Antônio Seixas
Magé, RJ

Cardume azulado –
Cavalas enchem as redes
dos pescadores
Benedita Azevedo
Magé, RJ

entre luz e sombra
a glicínia florida
se curva ao solo
Carlos Viegas
Brasília, DF

Visita ao orquidário –
Chama a atenção pras glicínias
o estimado amigo.
Cristiane Cardoso
Sâo Paulo, SP

Inda está no fogo
a moqueca de cavala:
hum, sinto o cheirinho
Cyro Mascarenhas
Brasília, DF

no balcão do mercado
disputa de “cavalinhas”
oferta do dia
Débora Novaes de Castro
São Paulo, SP

Felicidade –
Acordar com glicínias
florindo pra mim.
Fernando A. A. Brito
Vitória da Conquista, BA

Boa pescaria
a cavala para o almoço –
Família reunida
George Goldberg
Londres, Inglaterra

o branco rosado
sob a luz do velho poste –
primeiras glicínias!
José Marins
Curitiba, PR

Petisco de peixe
total sucesso se assado
Cavala no sábado
Marina Rehfeld
Belo Horizonte, MG

No verdor dos campos
de repente as flores –
Primavera chegou!
Mario Isao Otsuka
São Paulo, SP

Silenciosamente
pelas esquinas do bairro…
Chega a primavera.
Matsuki Pichorim
S. José dos Pinhais, PR

Casarão antigo –
Pendem cachos de glicínia
na grade de ferro
Matusalém Dias de Moura
Iúna, ES

Barulho de asas –
Pendem do caramanchão
cachos de glicínia
Regina Alonso
Santos, SP

Na casa simples,
A varanda enfeitada –
Glicínia florida.
Reneu Berni
Goiânia, GO

doce perfume:
forrado de glicínias
o parque do bairro
Rose Mendes
Ilhabela, SP

Cachos de glicínia –
Sob a sombra perfumada
o casal namora
Taís Curi
Santos, SP

Após tanta espera
que pena que ela não viu
a flor das glicínias.
Zekan Fernandes
São Paulo, SP

Temas de outubro (postar até 10 de setembro)
Girino – Miosótis – Plantar milho

Temas de novembro (postar até 10 de outubro)
Espinafre – Jataí – Dia da Bandeira

Comentários
Loading...