Haicai Brasileiro: Como fosse a primeira vez (10)

Muitas vezes podemos confundir kigô com o tema do haicai. Não se trata da mesma coisa. Em si, o haicai não tem tema e nem título. O que o torna haicai é a utilização do kigô. Trata-se de uma palavra de estação, que deve estar presente na composição de maneira como se apresenta. Trata-se daquela estação, em específico. Não se faz um haicai de uma determinada estação, ao se vivenciar uma outra. Esta atitude não seria apropriada. Quando se chega ao final de ano, o verão acontece. O kigô desta época poderá ser Natal, Reveillon, Ano Novo, Presépio, Férias escolares, Calendário Novo, Calendário Velho, Vestibular, Mar de Verão, fauna correspondente, o mesmo com a flora. Assim, a referência do haicai é verão, e que tendo elementos desta estação como kigô, deverão estes se constituir como parte da composição.
Cada estação e seus fenômenos atmosféricos, acontecimentos, flora e fauna, serão parte da vivência do haicaísta. Como o haicaísta percebe este momento, sentindo no corpo em suas sensações, remetendo também à mente, tudo servirá para compor o haicai.

Comentários
Loading...