EXÉRCITO: Renato Ishikawa e Roberto Nishio recebem homenagens do CMSE no Dia do Soldado

Presidente do Bunkyo e presidente do Conselho Deliberativo do HJSC, Renato Ishikawa é homenageado (Aldo Shiguti)

O Comando Militar do Sudeste (CMSE) comemorou o Dia do Soldado, no último dia 25, no Pátio de Formatura Sargento Mário Kozel Filho, no Quartel-General Integrado (QGI), no Ibirapuera (zona Sul de São Paulo). O Dia do Soldado é celebrado em 25 de agosto, data de nascimento do Marechal Luiz Alves de Lima e Silva, o Duque de Caxias.
A solenidade teve início com o hasteamento do Pavilhão Nacional. Em seguida, os presentes entoaram a Canção do Exército ao som da Banda de Música do 2º Batalhão de Polícia do Exército.
Durante a cerimônia, 89 personalidades civis e militares foram agraciadas com as condecorações Ordem do Mérito da Defesa, Ordem do Mérito Militar, Medalha do Pacificador, Medalha Exército Brasileiro, Medalha Marechal Osório, Medalha Militar e Medalha Corpo de Tropa.
Entre os homenageados, o presidente do Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social) e presidente do Conselho Deliberativo do Hospital Japonês Santa Cruz, Renato Ishikawa, e o presidente da Fundação Kunito Miyasaka, Roberto Nishio.
Na sequência, os agraciados reverenciaram a Bandeira Nacional e o Comandante Militar do Sudeste, general de Exército Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva, fez uso da palavra. “Soldados são a essência da soberania. Soldados cumprem o dever onde quer que estejam. Ser soldado é cumprir a lei, é ser exemplo para a sociedade. Ser soldado é ser a síntese do Patrono do Exército Brasileiro, o Duque de Caxias”, destacou. O general também leu a Ordem do Dia e, ao final da formatura, a tropa desfilou em continência ao comandante.

Alegria – Acompanhado de sua esposa, Dona Olga Ishida, Renato Ishikawa disse que sentia-se muito honrado com a homenagem em uma data tão importante para o Brasil e para o Exército Brasileiro. “Como representante do Bunkyo, é uma alegria muito grande receber esta homenagem, mas sei que isso é fruto dos muitos amigos que fiz durante a minha vida. Por isso, compartilho esta homenagem com todos que fizeram e fazem parte da minha trajetória”, disse Ishikawa.
Para Roberto Nishio, trata-se de uma homenagem “que nunca imaginava receber”. “Devo à minha atuação nas entidades que passei e que atuo, como a Fundação Kunito Miyasaka, Hospital Japonês Santa Cruz e o Bunkyo. Acho que estamos conseguindo fazer alguma coisa em prol da comunidade nikkei e da sociedade brasileira”, disse.
Estiveram presentes o cônsul geral do Japão em São Paulo, Ryosuke Kuwana; o presidente do Hospital Japonês Santa Cruz, Mário Sato; o presidente da Associação Cultural e Assistencial da Liberdade, Hirofumi Ikesaki e o presidente da Amigos da Liberdade, Yasuyuki Hirasaki
(Com informações do CMSE)

Comentários
Loading...