ENFRENTAMENTO À COVID-19: Suzano é referência no combate à pandemia

Apesar da pandemia, cidade de Suzano não parou de crescer: “Serviços continuam a todo vapor” (Wanderley Costa/Secop Suzano)

Desde março de 2020, prefeito de Suzano (SP), Rodrigo Ashiuchi promoveu uma série de ações buscando proteção da população

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) exigiu uma resposta rápida e eficiente dos governantes. Em Suzano, o prefeito Rodrigo Ashiuchi (PL) promoveu uma série de ações com o objetivo de garantir a proteção das famílias, com a implantação da telemedicina, a criação de um Hospital de Campanha e de um “Covidário”, a realização de desinfecção por toda a cidade e muito mais.
Ainda durante os registros dos primeiros casos da doença, o serviço de telemedicina foi implantado como alternativa ao atendimento médico presencial a pacientes com suspeita da Covid-19. A iniciativa pioneira na garantiu consulta médica à distância a mais de 3,5 mil pacientes, por meio de chamada de vídeo, de maneira gratuita pelo telefone 0800-484-8001. O principal objetivo é evitar a circulação de pessoas pelas unidades de saúde e assim frear a contaminação.
O enfrentamento à pandemia também contou com a instalação do Hospital de Quarentena, nas dependências da Arena Suzano. A estrutura recebeu pacientes por quase um semestre, entre abril e setembro de 2020. Ao longo deste período, em 135 dias, foram realizados 272 atendimentos, dos quais 233 pessoas receberam o devido tratamento e tiveram alta médica, enquanto os demais necessitaram de transferência para outras unidades de saúde.
“A unidade de apoio com 80 leitos, sendo 70 de observação e dez avançados com aparelhos de auxílio ventilatório, contou com uma equipe completa formada por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, assistentes sociais, farmacêuticos, técnicos de farmácia, auxiliares de limpeza, auxiliares de rouparia, funcionários administrativos e controladores de acesso, 24 horas por dia”, explicou o chefe do Executivo.
Ao longo de 2020, outros trabalhos inéditos foram desenvolvidos pela administração municipal, que se empenhou em mapear os casos da Covid-19 em território suzanense e em conquistar mais leitos e aparelhos que auxiliam no atendimento aos munícipes. Entre eles, a aquisição de novos respiradores, sendo dez ventiladores pulmonares Trilogy adquiridos pela prefeitura, três não-invasivos doados pela empresa Suzano SA, e mais aparelhos enviados pelo Ministério da Saúde e pelo governo do Estado, além da reserva preventiva de leitos em unidades privadas sem custos ao município.
A Secretaria Municipal de Saúde também realizou entregas importantes que garantiram mais oportunidade de atendimento e respaldo à população, como a finalização da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Amorim e das obras de ampliação e reforma do Pronto Socorro Municipal.

Quanto à vacinação, Suzano segue acompanhando o ritmo do PNI (Wanderley Costa/Secop Suzano)

Aliás, neste último equipamento, 11 novos leitos exclusivos a pacientes da Covid-19 foram implantados no último mês de março. A medida se fez necessária para reforçar a oferta de acolhimento em Saúde. A ala especial chamada de “Covidário” se soma aos leitos já em operação na cidade, entre Unidades de Terapia Intensiva (UTI), leitos semiavançados e de enfermarias.
A cidade, junto ao Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê (Condemat), ainda conquistou com o governo do Estado leitos no Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti e no Hospital Auxiliar das Clínicas (HC) de Suzano.
Quanto à vacinação, Suzano segue acompanhado o ritmo do Plano Nacional de Imunização (PNI), contabilizando mais de 329,7 mil aplicações dos imunizantes, contemplando a primeira, a segunda e a terceira dose. Neste momento, a cidade está vacinando todos os munícipes à livre demanda, ou seja, todos aqueles com 12 anos ou mais, conforme permissão do Ministério da Saúde.

Prefeito Rodrigo Ashiuchi: ações para proteger a população (Wanderley Costa/Secop Suzano)

Em constante crescimento – Suzano tem 72 anos de emancipação político-administrativa, com o título de município que mais se desenvolveu no Estado de São Paulo, segundo a pesquisa “Desafios da Gestão Municipal (DGM)”, elaborada pela consultoria Macroplan.
Ashiuchi destacou que, apesar da pandemia, os serviços continuam a todo vapor, dando destaque aos setores da Segurança, da Saúde e do Social. “Realizamos o chamamento de 60 novos agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), que vão integrar o patrulhamento diário, e também nossa Central de Segurança Integrada (CSI), que inauguramos em 2019, tendo atuado de forma eficiente no combate à criminalidade no município”, lembrou.
Além disso, o prefeito suzanense pontuou conquistas para o setor, como armamento e aquisição de novos equipamentos e veículos, como coletes balísticos, viaturas, base móvel e rádios; o título da Patrulha Maria da Penha como melhor projeto brasileiro, concedido pelo Fórum Nacional de Segurança Pública; entre outros.
Sobre a Assistência Social e o Fundo Social de Solidariedade, o prefeito falou da atuação e apoio às famílias que vivem em situação de vulnerabilidade, com a entrega de cestas básicas. “Nossa gestão buscou humanizar os serviços e melhor atender as pessoas, desconstruindo a barreira entre os cidadãos e a prefeitura. Para tanto, nossas ações sociais deram um novo tom à administração pública, com entregas importantes nos últimos anos, como o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) Jorge Moreira (Casa Branca), o Cras Palmeiras, o Centro Dia do Idoso. Este último, atende até 50 idosos semi-dependentes no Jardim Revista, oferecendo cuidados especiais e oficinas por meio da convivência e fortalecimento de vínculos. Os exemplos demonstram que o bem-estar da população é nossa prioridade”, defendeu.
Já a área da Saúde recebeu uma grande atenção desde o começo de 2017, logo com a entrega do Centro de Abastecimento Farmacêutico (CAF), subindo a cesta básica de remédios de 12% para 95% de sua totalidade; com a inauguração das Unidades de Saúde da Família (USFs) do Jardim Brasil, do Jardim Revista e do Jardim Suzanópolis, ao passo em que reformou o Pronto Atendimento de Palmeiras, o Pronto-Socorro (PS) Municipal Adulto e Infantil, além de quase todos os postos de saúde.

Uma das ações da Prefeitura, logo no início da pandemia, foi a implantação do serviço de telemedicina (Wanderley Costa/Secop Suzano)

“Conseguimos tirar o prédio da Santa Casa de Misericórdia do leilão, apresentando um plano de pagamento de uma dívida que vinha se arrastando há mais de 20 anos. Também contratamos mais médicos e agora solicitei extrema urgência na celeridade das obras da Clínica da Família, que vai substituir a antiga obra abandonada da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Revista, e da UBS do Jardim Monte Cristo”, detalhou.
E foi a inauguração dessas obras, inclusive, que marcaram a atual gestão, que findou com “esqueletos antigos”: Suzano Skate Park, abandonado por dois anos; Arena Suzano, que foi entregue após duas décadas; e a Marginal do Una, inaugurada depois de 22 anos do começo de sua construção, tendo dado uma nova cara para a mobilidade urbana da cidade, que teve ao longo dos últimos quatro anos 150 quilômetros de recapeamento.
“Do trevo Dona Benta, que foi totalmente reformulado, até a rodovia Índio Tibiriçá (SP-31), passando pelas avenidas Francisco Marengo, Vereador João Batista Fitipaldi e Marginal do Una, temos um novo corredor viário que sai da região sul e vai à zona norte. Tivemos bairros totalmente recapeados, como o Jardim Natal, Vila Fátima e Parque Buenos Aires, por exemplo”, pontuou.

Secretaria Municipal de Saúde de Suzano entregou novos leitos exclusivos para pacientes com Covid (Wanderley Costa/Secop Suzano)

Levantamentos – E foi por causa da somatória de todos os serviços, novas entregas e pela humanização no atendimento às famílias, que Suzano se destaca nos indicadores nacionais, haja vista que o levantamento “Desafios da Gestão Municipal (DGM)” apresenta o município como a quinta cidade brasileira que mais avançou no País, sendo a única do Alto Tietê e a primeira do Estado de São Paulo a figurar entre as dez que mais evoluíram na década.
A cidade também apareceu pela primeira vez no ranking geral do Índice de Cidades Empreendedoras (ICE), desenvolvido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap) em parceria com a organização Endeavor, voltada ao apoio ao empreendedorismo no País. A cidade está na 32ª posição no levantamento nacional. O melhor posicionamento de Suzano está em Infraestrutura: 12º lugar.
“Suzano está localizada em um espaço estratégico, com acesso rápido à capital, aos aeroportos, ao litoral e também ao Vale do Paraíba. Essa capacidade de acesso e conectividade abre portas para o investimento na cidade, desde que bem gerida”, comemorou o prefeito Rodrigo Ashiuchi.
No ranking do Trata Brasil, levantamento anual que avalia a qualidade do saneamento básico no País, Suzano está em 10º, entre as cem maiores cidades brasileiras, sendo ainda a 1ª da região do Alto Tietê. “A evolução de Suzano nos últimos anos mostra que a cidade está no caminho certo. O orgulho suzanense está na retomada e entrega de obras importantes, na geração de emprego, nos investimentos em segurança, saúde e educação. Tudo creditado pela confiança na administração, que já alcançou o título ‘A+’ na Secretaria de Tesouro Nacional. Seguimos firmes no enfrentamento ao Covid-19 para que possamos, em breve, continuar com o nosso trabalho de desenvolvimento da cidade”, concluiu.

Futuro – As obras que estão em andamento também são promissoras. Entre elas se destacam a construção do Hospital Federal; da nova Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Monte Cristo; da Clínica da Família, no Jardim Revista; do Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), no Jardim Santa Inês; e do trecho estendido da rua Sete de Setembro, entre o Jardim Monte Cristo e a Cidade Cruzeiro do Sul.
A gestão ainda dará início à elaboração de mais um projeto que será essencial para a mobilidade urbana: o prolongamento da avenida Senador Roberto Simonsen até as estradas dos Fernandes e Santa Mônica. Assim como na Marginal do Una, certamente, abrirá novos caminhos e perspectivas para uma Suzano cada vez melhor.

Comentários
Loading...