13ª edição do Fórum de Integração Bunkyo terá como tema ‘Planejando a Retomada’

Oston Hirano, coordenador do FIB deste ano, na edição presencial realizada em 2019 (divulgação/Bunkyo)

Com o avanço da vacinação e a expectativa cada vez mais próxima da retomada dos eventos presenciais, também as associações nipo-brasileiras começam a intensificar os preparativos para a reabertura de suas atividades. De olho nessa situação, o FIB (Fórum de Integração Bunkyo), que será realizado nos dias 18 e 19 deste mês, em formato online, elegeu como tema para a sua 13ª edição “Planejando a Retomada”. De acordo com o coordenador Oston Hirano, trata-se de uma preocupação não só no sentido imediato, ou seja, pensando em orientações para uma retomada segura – tanto de eventos como dos próprios Kaikans – como também uma preocupação com o próprio futuro das associações.
A ideia é saber como cada kaikan está se preparando e tentar trocar experiências. Um exemplo foi dado pela Associação Nipo-Brasileira de Goiás, que no dia 28 de agosto realizou o Bon Odori Box 2021, que serviu como evento-teste para a Prefeitura de Goiânia e para o Estado de Goiás. Oston Hirano, no entanto, explica que cada kaikan tem uma forma diferente de encarar a situação.
“Por esse motivo existe o FIB, uma ferramenta para proporcionar aos kaikans de todo o Brasil conversarem”, diz o coordenador, explicando que o Fórum é organizado pelo Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social – desde 2007 e de lá para cá “vem reunindo líderes e dirigentes, jovens e membros ativos na gestão das atividades nikkeis de todo o país, trazendo sempre temas relevantes, disseminando conhecimento e promovendo integração de todos em prol do fortalecimento de todos”.
Oston lembra que, em 2020, pela primeira vez, o evento foi realizado em formato virtual por conta da pandemia. “Este ano decidimos propor algo diferente, sem transmissão para o grande público”, conta, explicando que a ideia é fazer com que haja uma maior interação entre palestrantes e participantes, “como se fosse uma reunião maior”.

Temas – E, fato inédito, pela primeira vez todos os cônsules gerais enviaram mensagem para o evento. Para esta edição, conta Oston, ao invés de palestras, os convidados participarão de entrevistas nos dois dias. No sábado, 18, a programação terá início às 17 horas, e no domingo, 19, às 9 horas. Participam o embaixador do Japão, Akira Yamada; o gestor do Nippon Country Club, Wagner Vilela – que vai abordar o tema “Gestão de Valores” –; e o 2º Vice-presidente do Bunkyo e idealizador do FIB, Marcelo Hideshima, e Douglas Mitsuyki, da Liga Seinen e Seinenkai Nipo Bragança Paulista, que vão participar do “Conversa de Gerações”; João Paulo Vergueiro vai estar abordando o tema “Captação de Recursos” enquanto os médicos Emilio Moriguchi e Keniti Mizuno, de Marília, vão falar sobre “Os Cuidados para a Retomada”. A diretora de Imprensa do Bunkyo, a jornalista Thais Oyama, entrevistará o filósofo Luiz Felipe Pondé.
Nos dois dias, após a fala dos convidados, haverá um debate entre os participantes. Entre as entrevistas, serão apresentadas mensagens – como a do ex-presidente da Sony do Brasil, Masayoshi Morimoto.– e vídeos culturais, como o do projeto do Pavilhão Japonês, mantido pelo Bunkyo no Parque do Ibirapuera (zona Sul de SP).

Inscrições podem ser feitas até 17 de setembro (divulgação/Bunkyo)

Fóruns Regionais – Segundo Oston Hirano, o objetivo do FIB é, através do conhecimento que as pessoas têm, promover a troca de experiências e informações e, assim, contribuir para a manutenção de suas atividades.
Ao longo desses anos, conta, o FIB incentivou a realização de Fóruns Regionais, como nas cidades de Presidente Prudente (Alta Sorocabana), Bastos (Alta Paulista), Salvador (Nordeste), São Bernardo (ABC) e Suzano.
A expectativa é contar com a participação de mais de 70 pessoas nos dois dias de programação.
Inscrições até 17/9: bit.Iy/13fib

Comentários
Loading...