Uma nova “Era” para a modalidade

Clubes se preparam para a retomada das atividades: novos tempos (divulgação)

A Covid-19 com certeza mudou a vida de milhares de pessoas no mundo.
Durante esta pandemia, todos desenvolveram novas reflexões, novos hábitos, ou seja, uma nova vida em todos os sentidos, em especial na higiene e respeito ao próximo.
No tênis de mesa não foi diferente. Clubes se preparam para enfrentar esse vírus, com rigorosos protocolos de segurança e principalmente o sentimento de responsabilidade com atitude e a valorização do espaço que frequentamos.
Atualmente temos muitos profissionais do tênis de mesa que vivem dele como: técnicos, dirigentes, árbitros, coordenadores, comerciantes, atletas e todos estão parados desde março, por isso, neste momento precisam ter paciência e gratidão a todos que deram uma oportunidades de trabalho aos mesmos.
Alguns procedimentos serão básicos, como trocar os tênis ao chegar no local de treinamento (familias japonesas sempre valorizaram este ato, impedindo de trazer bactérias para dentro da casa).
A medição de temperatura corporal será realizada em todos os praticantes, higienização das roupas, uso de máscaras obrigatórias, manter distância adequada, evitar conversar, limpeza constante das mesas e bolas serão práticas adotadas pelos clubes, além da limitação no número de atletas no ginásio.
Mas o que mais está me motivando nesta volta, é que teremos horários rigorosos para começar e terminar, portanto, os atrasos não serão admitidos, já que existe um intervalo pequeno para a troca dos grupos – essa disciplina eu sempre adotei nos clubes em que dei aula, pois posso garantir que nunca atrasei e como um bom japonês, cumpro a risca por respeito aos alunos e sirvo como exemplo de pontualidade e assim posso cobrar o mesmo deles.
Esperamos que a Prefeitura e o Governo de SP liberem no dia 28 de junho a abertura das associações.

Comentários
Loading...