Toshio Ichikawa assume presidência do Kenren com missão de revigorar os kenjinkais

Toshio Ichikawa – Crédito Marcel Uyeta

Em Assembleia Geral Ordinária realizada no último dia 26, na Associação dos Shizuoka Kenjin do Brasil, no bairro da Liberdade, conforme estabelecido no Estatuto Social, para eleição de sua Diretoria Executiva, gestão 2020/2021 e do Conselho Fiscal 2020, foi eleita a chapa” (Kenjinkais + Kenren) Juntos! para o futuro encabeçada por Toshio Ichikawa, da Associação Toyama Kenjin do Brasil. Ele terá como vices José Taniguti (Wakayama); Mário Sato (Yamagata); Gilberto Hajime Suzuki (Nara); Minoru Nishiyama (Saga); Mitsuyoshi Nagaya (Guifu); Miyoko Shakuda (Mie); Alfredo Ohmachi (Akita).
Contudo, foi uma reunião atípica em função do grave momento que o pais atravessa. A começar pelo local. Segundo Ichikawa, a Associação dos Shizuoka foi escolhido “em razão das recomendações das autoridades municipais para a pandemia covid-19, em manter uma distância mínima de 2 metros entre os participantes”. “E o salão social dessa entidade permitiu viabilizar esse distanciamento”, explicou.
Para a eleição dos membros da Diretoria Executiva 2020/2021, em função da inscrição de uma única chapa para essa eleição, e face à preocupação com os idosos, a atual Diretoria Executiva decidiu pela votação remota, “concordo” ou “não concordo”; e para a eleição dos membros do Conselho Fiscal 2020, a indicação de 4 presidentes constante da lista de associações aptas a serem votadas, em votação remota.
Compareceram à assembleia seis associados, sendo escolhidos Presidente da Mesa, Nagato Hara (Shizuoka); secretário, Toshio Ichikawa (Toyama); e Comissão Eleitoral, Mitsuyoshi Nagaya (Guifu), Hiroaki Chida (Iwate) e Nobuhiko Ito (Oita).
Para a Diretoria Executiva 2020/2021, a chapa “(Kenjinkais + Kenren) Juntos! para o futuro” recebeu concordo – 29 (vinte nove) votos; voto nulo – 01 (um) voto; abstenção – 04 (quatro), totalizando 34 manifestações. Foi eleita a chapa com os seguintes membros:
Presidente: Toshio Ichikawa (Toyama)
Vice-presidentes:José Taniguti (Wakayama); Mário Sato (Yamagata); Gilberto Hajime Suzuki (Nara); Minoru Nishiyama (Saga); Mitsuyoshi Nagaya (Guifu); Miyoko Shakuda (Mie); Alfredo Ohmachi (Akita).
1º Tesoureiro: Nagato Hara (Shizuoka);
2º Tesoureiro: Luis Koji Yamashita (Fukui);
1º Secretária: Monica Mithie Uezono (Kagoshima);
2º Secretária: Neuza K. Shirata Isso (Gunma).
Já a eleição dos membros do Conselho Fiscal 2020 ficou assim: 1) Milton Sadao Uehara – 11 (onze) votos; 2) Norihito Kurosawa – 11 (onze) votos; 3) Geraldo Massayuki Morinaga – 11 (onze) votos; 4) Wagner K. Suzuki – 9 (nove) votos.
O Conselho Fiscal 2020 ficou assim: Membros efetivos: 1º) Kenji Kiyohara (Kumamoto); 2º) Roberto Sadao Yoshihiro (Hiroshima); 3º) Milton Sadao Uehara (Okinawa). Membros suplentes: 1º) Norihito Kurosawa (Ibaraki); 2º) Geraldo Massayuki Morinaga (Ishikawa); 3º) Wagner K. Suzuki (Tokyo).
Segundo Toshio Ichikawa, que assume no lugar de Yasuo Yamada, a chapa “(Kenjinkais + Kenren) Juntos! para o futuro” tem propostas a realizar na sua gestão, com o apoios das associações, para revigorar e revitalizar os kenjinkais, e dar espaço para os jovens em suas atividades e criar novas perspectivas de oportunidades de conhecer a província-mãe, independentemente da proficiência na língua japonesa.
Ex-presidente do Festival do Japão por três edições, Ichikawa destaca quatro macro propostas: 1) Atividades Institucionais – que inclui revigorar a relação do Kenren com o governo japonês/ministérios, governadores de províncias, presidentes de Assembleias Legislativas e prefeitos, além de associações, planos de fortalecimentos das relações, com novos conceitos na relação das gerações de nikkeis além-mar, com o Japão e as províncias e a preservação e a divulgação das culturas do Japão e das províncias no Brasil; 2) Atividades para o fortalecimento de Kenjinkais e do Kenren; 3) Ações para revitalização e revigoramento, entre elas “ouvir os kenjinkais”, sugerir benchmarking de boas iniciativas de outras associações/organizações, realizar seminário/simpósios para discussão/solução com participação de jovens líderes, propor/instituição de Diretoria com Jovens Líderes de Kenjinkais e estimular iniciativas como undokais, Yatai Matsuri, Tosa Matsuri (com mais Kenjinkais) e trabalhos em grupos; 4) Ideias para o Ireihi .

Comentários
Loading...