Sindicato dos Delegados elabora cartilha de segurança para o Consulado do Japão em São Paulo

Raquel com o cônsul Yoshihiro Kikuta, Vitor Kobayashi e Dalmir Ono
Raquel com o cônsul Yoshihiro Kikuta, Vitor Kobayashi e Dalmir Ono

O Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo (SINDPESP) e o Consulado Geral do Japão em São Paulo estão trabalhando em conjunto para ampliar a segurança dos cidadãos japoneses que vivem na capital paulista.

A pedido do cônsul, o sindicato elaborou uma cartilha com dicas de segurança relacionadas aos crimes mais praticados em São Paulo, com foco nas regiões frequentadas pelos cidadãos japoneses que moram na cidade.

Na última semana, a presidente do SINDPESP, delegada Raquel Kobashi Gallinati, foi recebida pelo cônsul japonês Yoshihiro Kikuta. Também participaram do encontro o presidente do Instituto Paulo Kobayashi, Victor Kobayashi, e o assessor consular Dalmir Ono.

“Fizemos um estudo dos crimes mais comuns e elaboramos a cartilha com as dicas de prevenção, de forma que os cidadãos japoneses consigam identificar situações de risco e minimizar as possibilidades de ações dos criminosos”, explicou Raquel Kobashi Gallinati.

A cartilha será divulgada pelo consulado aos japoneses expatriados que moram e trabalham em São Paulo.

Comentários
Loading...