SILVIO SANO > NIPÔNICA: Insisto! Creolina no COVID-19… JÁ!!

Para começar, sei perfeitamente da minha condição de leigo nisso e que não devia ter sido tão taxativo como no título, mas já expliquei que assim o faço apenas para atrair atenção à leitura e, no caso, até de meus alvos reais: os pesquisadores e, principalmente… as indústrias farmacêuticas!
Minha pretensão é para que, se já fizeram tais pesquisas, ao menos, as tornem públicas. Ainda mais, reforçado pelos comentários que recebi após a Nipônica anterior, todos, sem exceção, favoráveis.
Foram dezenas de emojis positivos e os comentários, alguns, cito-os abaixo, numa sequência intencional, minha, não conforme os fui recebendo.
Não sabia que as pessoas podiam toma-la. Só conhecia o uso em animais e limpeza de locais infectados”.
Muito bom esse produto (creolina). Tenho um amigo que já a tomou”.
É aquele desinfetante usado na cicatrização de porcos”.
Minha colega escreveu que a avó dela fazia pílulas de creolina com farinha para os netos tomarem. Remédio dos antigos, para limpar o corpo por dentro”.
Quando criança morava em sítio. Lembro que meu pai misturava creolina com água para amenizar frieira nos pés. Curava só com isso. Deixava os pés na bacia por alguns minutos”.
Quando criança, ficava no laboratório de meu avô ajudando-o na colocação de creosoto em potes de vidro. Ele foi o pioneiro do creosoto. Cheiro fortíssimo que ficou na lembrança até hoje”.
É verdade. Na roça, a creolina era o (único) desinfetante, mata tudo, que tinha nas casas. O sumiço deve ser porque era baratinho ou sem royalties…
Conheço-a bem. Usava para curar as bicheiras dos animais. Trata-se de um produto muito eficiente, porém não rentável para a indústria farmacêutica, que é uma máfia”.
Pois é. Deve haver razões e “razões” para a creolina não ser a protagonista da hora. Né, não? Com vírus tão letal “na praça”, por que nem não tentar, héim?!
Até achei um vídeo (https://www.youtube.com/watch?v=yb4i1UFVdoE) com cerca de 200 comentários relativos idênticos. Acorda, Brasil!
O Seirogan (antigo Creosoto) a tem em sua composição. Adivinhe minha relação com ele?

Comentários
Loading...