SÃO PAULO: Comissão de Finanças e Orçamento acata cinco propostas de Nomura

UBS Vila Gumercindo, enfim, se mudará para um imóvel maior e mais apropriado: luta antiga (Afonso Braga – Rede Camara)

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou em primeiro turno, na Sessão Ordinária   realizada no último dia 10, um   texto substitutivo apresentado pela Comissão de Finanças e Orçamento ao PL (Projeto de Lei) 643/2020, do Executivo. A proposta prevê a LOA (Lei Orçamentária Anual) do município para 2021, que estima a receita e fixa as despesas da capital paulista.
De acordo com a Prefeitura de São Paulo, a estimativa da receita para o ano que vem é de R$ 67,5 bilhões. Devido aos impactos provocados pela pandemia na capital paulista, a proposta orçamentária para 2021 é 2,1% menor em relação ao orçamento de 2020. A redução representa aproximadamente R$ 1,5 bilhão a menos.
Cinco propostas do vereador Aurélio Nomura (PSDB) foram acatadas pela Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal e incorporadas ao Orçamento de 2021 de São Paulo. Com isso, já foram reservados recursos para as seguintes obras: R$ 2 milhões   para reforma, adequação e instalação da UBS Vila Gumercindo em novo local ; R$ 1 milhão para reforma e ampliação do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) tipo III na Região do Ipiranga; R$ 1 milhão para reforma da piscina do CEU Meninos, que foi completamente destruída pela inundação de março de 2019; R$ 500 mil para readequação da calçada no entorno do Hospital Flavio Gianotti para acessibilidade dos usuários e R$ 9,5 milhões para reformas e acessibilidade de passeios públicos.
“Esses recursos já estão dentro do Orçamento de São Paulo para o ano que vem”, afirma o vereador Aurélio Nomura, destacando que todas as áreas sofreram cortes de recursos, “menos os da saúde e da educação, porque são prioritárias para a população”.

UBS Vila Gumercindo, enfim, se mudará para um imóvel maior e mais apropriado luta antiga (Afonso Braga – Rede Camara)

UBS Vila Gumercindo em novo prédio – A tão esperada mudança da UBS Vila Gumercindo (Profa. Jandira Massur), que hoje funciona de forma precária na Rua Dom Lúcio de Sousa, 372, para um novo imóvel maior e mais apropriado é uma luta que o vereador Aurélio Nomura vem travando há quase três anos ao lado da população local e agora começa a se tornar realidade. Além de garantir recursos de R$ 2 milhões do Orçamento municipal, um decreto do governo do Estado de São Paulo publicado no 9 de dezembro autorizou o uso do prédio situado à avenida Dr. Ricardo Jafet, 3.025, no Ipiranga, para uso da nova unidade básica de saúde.
“Por várias vezes estivemos em audiência com o então secretário municipal da Saúde, Dr. Wilson Pollara, com o atual, Edson Aparecido e no Palácio dos Bandeirantes para fazer essa solicitação e expor todos os benefícios que essa mudança traria para a população”, relata o vereador Aurélio Nomura. “Mostramos que a atual acomodação da UBS Vila Gumercindo já não atende mais os requisitos de acessibilidade e demanda da população, além da deterioração do prédio constatado pela Comissão de Obras da Coordenadoria de Saúde do Ipiranga – e felizmente conseguimos sensibilizar a todos”, declara Nomura.
O vereador   observa que o prédio cedido tem quase 2.300 metros quadrados, além de um terreno ao lado onde futuramente deverá ser construído um centro de atenção aos idosos. A Supervisão Técnica de Saúde Ipiranga já emitiu parecer favorável para a mudança da UBS Jandir Massur , destacando o “objetivo de melhorar o acesso e a qualidade de atendimento aos usuários e também o fluxo de trabalho para os profissionais”.
O projeto da nova unidade de saúde seguirá os novos padrões determinados pelo Ministério da Saúde.

Comentários
Loading...