Registro e Promissão mantêm tradição e realizam cerimônias do Tooro Nagashi adaptadas à pandemia

Em Promissão, soltura dos barquinhos acontece na represa Parque das Águas (arquivo/Aldo Shiguti)

Neste ano, para não deixar passar o Dia de Finados em branco, as cerimônias do tooro nagashi de Registro, no Vale do Ribeira, e Promissão, no noroeste do estado, serão realizados em novo formato por conta da pandemia do novo coronavírus. Pioneira na celebração, o tradicional Tooro Nagashi de Registro, que é realizado anualmente na Praça Beira Rio, nos dias 1, 2 e 3 de novembro, acontecerá no dia 2 de forma virtual.
De acordo com o coordenador Dilson Tsunoda, a 66ª edição terá início às 18 h com previsão de término às 20 h e transmissão pelo YouTube, Facebook e Instagram. Com apresentação do cantor Joe Hirata e Danilo Sakuma, que comandarão as atrações ao vivo, as atividades foram divididas em três blocos. O primeiro será dedicado aos discursos das autoridades e na sequência acontecem as apresentações culturais (taikô, karaokê, minyo, desfile de cosplayers e o tradicional bom odori).
A cerimônia religiosa ficará a cargo da madre Myoho Ishimoto, do Templo Nichiren Shu Emyoji. Haverá mensagens de representantes do Templo Budista Honpa Hongwanji de Registro, das igrejas Católicas e Episcopal, da Seicho-No-Ie, da Igreja Messiânica, das organizações Omoto Kyo (religião japonesa com raízes no xintoísmo) e da Sokagakkai.

112 tooros – Considerado o ponto alto do evento, a soltura dos barquinhos nas águas do Rio Ribeira de Iguape praticamente encerrará a programação. Segundo Tsunoda, a quantidade de barquinhos, aliás, foi uma das preocupações da Associação Cultural Nipo-Brasileira de Registro (Bunkyo), que realiza o Tooro Nagashi em conjunto com a Nichirenshu Emyoji. “Inicialmente, estávamos pensando em soltar 2 mil barquinhos, como fazemos todos os anos. Mas por causa da aglomeração que isso causaria, optamos em soltar 112 em referência à imigração japonesa no Brasil”, explica Tsunoda, lembrando que, da mesma forma que nas edições anteriores, quem quiser homenagear algum ente querido poderá fazê-lo “como sempre foi feito”.

Gastronomia – Com a única diferença que, em virtude do número reduzido de barquinhos, a quantidade de nomes dos falecidos homenageados será maior. Por esta razão, explica Tsunoda, ao invés de convidar os interessados a adquirir um barquinho os organizadores estão pedindo uma contribuição ao Bunkyo no valor mínimo de R$ 25,00.
Como é tradição no Tooro Nagashi de Registro, a gastronomia também terá espaço na edição virtual. Para isso, os pedidos devem ser feitos até o dia 30 deste mês. Já a retirada ocorrerá a partir das 17 h do dia 2, no ginásio da Acer (Associação Cultural e Esportiva de Registro). O cardápio tem yakissoba, hot roll e temaki, além de combos.

Promissão – Apesar do isolamento social, a Associação Cultural e Esportiva Nipo-Brasileira de Promissão também decidiu realizar a segunda edição do Tooro Nagashi no próximo dia 2 de novembro, das 18h30 às 21h, na represa Parque das Águas. Diferentemente de Registro, o de Promissão será no sistema drive in. “Sentimos que precisávamos prestar uma homenagem aos antepassados e imigrantes pioneiros, como forma de agradecimento pelo que tanto fizeram para que pudéssemos prosperar e ter uma vida confortável nos dias de hoje”, destaca o presidente da associação, Fábio Maeda, lembrando que a primeira edição, em 2019, contou com a presença do então cônsul geral do Japão em São Paulo, Yasushi Noguchi.
Segundo ele, realizar o Tooro Nagashi Drive In “é uma forma de dar esperança as pessoas, comemorarmos o 2º Ano da Reiwa e homenagearmos os antepassados e imigrantes pioneiros, além de divulgarmos a cultura japonesa e cuidarmos do futuro da comunidade nipo brasileira”
Devido a pandemia do covid-19, explica Maeda, a associação teve que inovar e adaptar o evento ao “novo normal”. “Desafios sempre existirão em todas as áreas, precisamos achar uma forma de contorná-los sem fugirmos do seu propósito”, diz Maeda, acrescentando que, “para cumprirmos os protocolos de segurança exigidos pelas autoridades sanitárias, será criado um longo circuito de automóveis ao redor de toda a margem da represa para suportar o fluxo de carros”.

Em Registro, cerimônias religiosas marcam o Tooro Nagashi (arquivo/Aldo Shiguti)

Atrações – “Nesse circuito, dependendo da posição em que os automóveis estiverem, os ocupantes poderão apreciar as lanternas na água ou apresentaçõs em telões secundários enquanto aguardam a apresentação no telão principal. no final do circuito teremos a apresentação do telão principal, cuja duração será de aproximadamente 25 a 30 minutos”, explica.
“A intenção de criar um circuito é para que as pessoas não saiam dos carros, não fique monótono e para que independentemente da quantidade de veículos, todos possam homenagear seus antepassados, imigrantes pioneiros com segurança”, destaca Fábio Maeda.
Nos telões (dois), serão projetadas discursos das autoridades, mensagem da sacerdotisa Tijo Okayama, do Templo Honpa Hongwanji de Lins e do padre André Lemos, da Igreja Católica, e apresentações dos cantores Joe Hirata, Kaori Yokota, Yasmin Yamashita e do Grupo Yuugen – além do Projeto Kaeru Basho (taiko). “Recebemos também vídeos com apresentações do Festival do Japão organizado pelo Kenren, e do Festival do Japão do Rio Grande Sul”, conta maeda.
A parte gastronômica ficará a cargo do restaurante Chen’s Culinária Oriental. Os pedidos devem ser feitos via Whatsapp no local e retirados no local, quando o veículo completar a volta no circuito.

Mil barquinhos – Segundo Fábio Maeda, todos podem participar do evento e encomendar a lanterna para colocar nela o nome da pessoa falecida. Ele informou que este ano a previsão é confeccionar cerca de mil barquinhos, que serão soltos na represa pelos voluntários da associação com o auxílio do corpo de bombeiros de Promissão.
No final da represa será instalada uma rede de retenção para o recolhimento dessas lanternas, evitando-se dessa forma que elas alcancem o curso do rio.
Interessados podem adquirir a lanterna no site do Sympla e informar o nome do falecido que será colocado na lanterna a ser solta na represa. Poderão ser adquiridas quantas lanternas desejar.
O valor para cada lanterna é de R$20 + taxa do site Sympla de R$ 2,50. A compra das lanternas pode ser feito pelo link: https://www.sympla.com.br/2-tooro-nagashi-de-promissao—sp__993015 até o dia 30 de outubro.
O Tooro Nagashi de Promissão conta com apoio da ABJICA e da Associação Brasileira de Ex-Bolsistas do Gaimusho Kenshusei.

Comentários
Loading...