Projeto de Lei do vereador Aurélio Nomura nomeia Toru Hondo estádio de gueitebol do CEE da Vila Guarani

Toru Hondo, que faleceu em junho deste ano (Reprodução Facebook)

Uma homenagem a uma das pessoas que mais trabalharam para a divulgação e difusão do gueitebol no Brasil está sendo prestada pelo vereador Aurélio Nomura, que protocolou projeto de Lei número 639/2020 denominando Estádio de Gateball Toru Hondo o campo do Centro Educacional e Esportivo Riyuso Ogawa, na Vila Guarani.
Esse é um dos maiores e mais bem estruturados campos dessa modalidade esportiva e que em 2018 foi sede do Campeonato Mundial, com a participação de 16 países de cinco continentes (África, América, Ásia, Europa e Oceania) e 600 atletas. Muitas das melhorias no estádio foram feitas com o apoio do vereador Aurélio Nomura entre elas a cobertura, os banheiros e as adequações para acessibilidade.
“Esse projeto de Lei é em reconhecimento ao Sr. Hondo, um imigrante que veio ao Brasil, batalhou na agricultura e na avicultura e graças aos seus esforços teve sucesso nos empreendimentos industriais e comerciais”, destaca o vereador Aurélio Nomura. “Foi presidente da Associação Cultural Japonesa de Mizuho, demonstrando ser um verdadeirto líder da comunidade”, completa o autor do projeto de Lei.
Em 1995, quando o gueitebol dava os primeiros passos no Brasil, o Sr. Hondo passou a se dedicar a esse esporte, passando a integrar a diretoria da World Gateball Union, sediada em Tóquio, Japão. Dois anos depois, em 1997, foi eleito presidente da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil (UCGB), cargo que exerceu até 2011, passando, então, a ocupar a Presidência de Honra da entidade até o seu falecimento em 29 de junho de 2020.
“Entre os grandes méritos de sua gestão como presidente da UCGB foi a construção do primeiro estádio de uso exclusivo de gueitebol no mundo, em 1998, e a intensificação do intercâmbio técnico-cultural entre Brasil e Japão, principalmente no relacionamento com a prefeitura de Memuro, Japão, cidade berço do gueitebol”, observa o vereador Aurélio Nomura.
O projeto de Lei do vereador atende a uma solicitação da União dos Clubes de Gueitebol do Brasil em reconhecimento às atividades desenvolvidas pelo Sr. Hondo em prol da comunidade nipo-brasileira e, particularmente, proporcionando saúde e alegria aos praticantes do gueitebol, além de promover a integração entre jovens e idosos, independentemente do gênero.

Comentários
Loading...