Projeto de arte incentiva os evacuados da cidade de Fukushima atingida por um desastre nuclear

14/12/2020 – 14:58:39 JST – FUKUSHIMA, Japão – Murais representando ex-residentes de uma cidade deixada deserta pelo desastre nuclear de Fukushima 2011 foram pintados em edifícios em suas ruas principais, num esforço para manter o moral entre os evacuados antes do que se espera que seja seu eventual retorno.

Foto tirada em 13 de dezembro de 2020, mostra um mural de um menino pintado em Futaba, Prefeitura de Fukushima. (Kyodo)

Dois murais de um menino que tinha 2 anos na época do desastre foram revelados no domingo em Futaba, que sediou a usina nuclear de Fukushima Daiichi, aleijada. Eles se juntam a vários outros murais pintados desde que o projeto foi lançado no início deste ano.

Os novos murais, cada um com cerca de 7 metros de altura e 5 metros de comprimento, foram pintados nas paredes externas de um prédio que costumava abrigar uma loja em frente à estação de Futaba JR. Um o retrata como uma criança de 2 anos de idade na época do terremoto, tsunami e desastre nuclear, enquanto o outro o mostra como ele é agora.

A Futaba foi designada zona interdita devido aos altos níveis de radiação após o desastre de 11 de março de 2011. O Japão levantou parcialmente sua ordem de evacuação em algumas partes da cidade do nordeste em março, mas ninguém consegue viver lá.

No domingo, cerca de 10 pessoas, incluindo ex-residentes, visitaram a cidade para ver os novos acréscimos ao projeto de arte.

“Não consegui me conformar com a devastação da minha cidade natal, mas os murais me deram uma chance de seguir adiante”, disse Nozomi Kanda, atualmente residente de Ichikawa, Prefeitura de Chiba, perto de Tóquio, que visitou a Futaba pela primeira vez desde o desastre.

O projeto foi lançado depois que um ex-residente, Jo Takasaki, teve a idéia de devolver alguma vida à cidade, decorando-a com murais. Ele foi inspirado por um projeto em Amsterdã que transformou um antigo estaleiro naval em um hotspot cultural através de grafites vibrantes.

Uma empresa de Tóquio, Over Alls Co., concordou em pintar os murais de graça depois que seus artistas de grafite foram movidos pela proposta de 39 anos de idade.

Em outubro, a empresa pintou um mural chamativo de uma mulher que possuía um restaurante fast-food olhando através do buraco de um donut em frente à estação ferroviária.

No desastre de Fukushima, três reatores da usina, que passa por Futaba e a cidade vizinha de Okuma, sofreram derretimentos e lançaram materiais radioativos no ar, forçando uma evacuação em massa dos residentes.

Espera-se que os residentes possam voltar a viver nas partes da cidade onde a ordem de evacuação foi levantada na primavera de 2022.

==Kyodo

Comentários
Loading...