PANDEMIA: George Hato visita Hospital de Campanha do Anhembi

Vereador George Hato (divulgação)

A Prefeitura de São Paulo desativou no último dia 1º a maior parte do hospital de campanha do Anhembi, na zona Norte da cidade. O anúncio foi feito pelo prefeito Bruno Covas no dia 16 de julho. A área, que estava sob administração do Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde, tinha, ao todo, 871 leitos. Desses, apenas 310 vão permanecer operando, sendo 294 leitos de enfermaria e 16 de estabilização.
A decisão foi tomada devido a estabilização da doença na cidade e trará uma economia de R$ 19 milhões mensais que poderão ser usados em outras frentes no combate à pandemia. Conforme a Prefeitura, parte dos equipamentos do Hospital de Campanha do Anhembi serão redirecionados para o Hospital da Brasilândia, local onde concentra um número elevado de casos.
O vereador George Hato, que esteve no local recentemente – juntamente com outros membros da Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa – explicou que “uma das funções de um vereador é fiscalizar, de maneira respeitosa, as ações do poder executivo”. “Nesta visita, pudemos constatar que o hospital tem cumprido um papel importante na luta contra a covid-19. Segundo pudemos levantar, de 3.223 pacientes atendidos na ala, 2.600 tiveram alta, 14, infelizmente, foram a óbito. No momento da nossa visita, cerca de 100 pacientes estavam internados. Todos os profissionais de saúde estão se doando para os pacientes, buscando sempre um tratamento humanizado. A equipe toda está de parabéns.” disse o parlamentar, acrescentando que também destinou recursos para o enfrentamento no combate ao coronavírus.

Comentários
Loading...