HAICAI BRASILEIRO: Canário da terra – Agrião – Plantar café

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.
Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.
Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.
A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.
Envie suas cartas para:
Haicai Brasileiro
A/C Jornal Nippak
Rua da Glória, 332
CEP 01510-000 São Paulo-SP
E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br
Cc. ashiguti@uol.com.br


TEMAS DE OUTUBRO
Canário da terra – Agrião – Plantar café

Na água corrente
mãos que colhem agrião –
Lembrança da infância
Alvaro Posselt
Curitiba, PR

Canário-da-terra –
Um leve mover das penas
ao vento da tarde
Benedita Azevedo
Magé, RJ

na velha fazenda
tempo de plantar café
celas e arados
Carlos Viegas
Brasília, DF

Máquinas avançam…
Na plantação de café
bem menos pessoas.
Cristiane Cardoso
São Paulo, SP

no meio do mato
um canto suave –
canário-da-terra
Daniel Morine
Santos, SP

canário-da-terra
mesmo confinado
canta feliz
Elisa Campos
São Paulo, SP

Cedinho na roça
juntos a plantar café –
Quatro gerações
George Goldberg
Londres, Inglaterra

Salada de agrião
hesitação da criança…
Prefere as broncas!
Irene Fuke
São Paulo, SP

No quintal vizinho
vejo pelo vão da cerca
Folhas de agrião
Jô Marcondes
Irati, PR

mas que churrascada!
a travessa de agrião
outra vez vazia
José Marins
Curitiba, PR

Na tarde que finda
sonoro cantar no parque –
Canário-da-terra.
Mahelen Madureira
Santos, SP

Plantação farta
terra muito úmida,
colho agrião.
Mário Azevedo Alexandre
São Vicente, SP

Sobre a cumeeira,
canta o canário-da-terra
na casa da infância
Matusalém Dias de Moura
Iúna, ES

Manhã cinzenta
O som da chaleira no fogo
Chá de agrião
Murilo Sergio Romeiro
São José dos Campos, SP

Vizinho à janela –
No viveiro do quintal
canário-da-terra
Regina Alonso
Santos, SP

Cedo, na fazenda,
desembarcam diaristas,
Pra plantar café.
Reneu Berni
Goiânia, GO

maços de agrião –
a mulher lava as folhas
à beira do riacho
Rose Mendes
Ilhabela, SP

Enxada nas costas –
Tempo de plantar café
na terra cansada.
Zekan Fernandes
São Paulo, SP

Temas de dezembro (postar até 10 de novembro)
Bagre – Pêssego – São Silvestre

Temas de janeiro (postar até 10 de dezembro)
Pequi – Lagartixa – Guarda-sol

Comentários
Loading...