HAICAI BRASILEIRO: Bagre – Pêssego – São Silvestre

Jornal Nippak publica aqui os haicais enviados pelos leitores. Haicai é um tipo de poema que se originou no Japão. Seu maior expoente é Matsuo Bashô (1644-1694). O haicai caracteriza-se por descrever, de forma breve e objetiva, aspectos da natureza (inclusive a humana) ligados à passagem das estações. Hoje, no mundo inteiro, pessoas de todas as idades e formações escrevem haicais em suas línguas, atestando a universalidade dessa forma de expressão.
Envie seus haicais (no máximo três de cada tema sugerido) digitados ou em letra legível, com nome (mesmo quando preferir o uso de pseudônimo), endereço e RG.
Cada pessoa pode participar com apenas uma identidade.
A seleção dos trabalhos é feita pelos haicaístas Edson Kenji Iura Francisco Handa.
Envie suas cartas para:
Haicai Brasileiro
A/C Jornal Nippak
Rua da Glória, 332
CEP 01510-000 São Paulo-SP
E-mail: jornaldonikkey@yahoo.com.br
Cc. ashiguti@uol.com.br


TEMAS DE DEZEMBRO
Bagre – Pêssego – São Silvestre

Nas competições,
ia com seu patuá:
Santo São Silvestre.
Antonio Cabral Filho
Rio de Janeiro, RJ

Um instante de pausa
na subida do mirante –
Pêssegos maduros.
Benedita Azevedo
Magé, RJ

murchos na bandeja
os pêssegos esquecidos
viagem de férias
Carlos Viegas
Brasília, DF

Vendedor de volta!
Na Kombi enferrujada
pêssegos fresquinhos.
Cristiane Cardoso
São Paulo, SP

No calor da prova
eles correm, poucos sabem –
Quem foi São Silvestre?
Cyro Mascarenhas
Brasília, DF

anônimos
fazem a festa na rua –
Corrida de São Silvestre
Daniel Morine
Santos, SP

Sossego na casa.
Fruteira com pêssegos
Perfuma a sala.
Danita Cotrim
São Paulo, SP

e quase que extintos
voltam os bagres amarelos
pescadores e iscas
Débora Novaes de Castro
São Paulo, SP

Velho casarão
caído perto da porta
Pêssego maduro
Jô Marcondes
Irati, PR

peixe de bigode
surpreende a garotinha –
bagre em promoção
Madô Martins
Santos, SP

Na minha infância
depois da forte chuva –
Pescar bagres no rio.
Mário Isao Otsuka
São Paulo, SP

Por todos os galhos
do lado de lá do muro
Pêssegos maduros…
Matusalém Dias de Moura
Iúna, ES

Silencio no lago
O luar realça a linha branca
pesca de bagre
Murilo Sergio Romeiro
São José dos Campos, SP

Às margens do rio
pescador novato ri –
Barbichas do bagre
Regina Alonso
Santos, SP

No armário rústico,
Muita compota de pêssego –
Sítio do vovô.
Reneu Berni
Goiânia, GO

São Silvestre –
nas mãos do competidor
medalhas de outrora
Rose Mendes
Ilhabela, SP

As aves se agitam
pelos galhos no pomar.
Pêssegos maduros.
Sérgio Francisco Pichorim
São José dos Pinhais, PR

Medalhas guardadas –
Os heróis da São Silvestre
vão ficar em casa.
Zekan Fernandes
São Paulo, SP

Temas de janeiro (postar até 10 de dezembro)
Pequi – Lagartixa – Guarda-sol

Temas de fevereiro (postar até 10 de janeiro)
Canícula – Caranguejo – Suor

Comentários
Loading...