ETIQUETA EM RESTAURANTE JAPONÊS: Comportamentos corretos à mesa que mostrarão sua educação e satisfação

Regras de etiqueta em restaurante japonês são diferentes das aplicadas no nosso dia a dia (divulgação)

Quando fazemos nossas refeições em shoppings ou restaurantes, dificilmente deixamos a educação de lado, de modo a agir adequadamente em qualquer ambiente. Apesar disso, poucos sabem que as regras de etiqueta em restaurante japonês são diferentes das aplicadas em nosso dia a dia. Portanto, para não cometer gafes, por que não conhecer um pouco do essencial?
Dessa forma, você entenderá que algumas coisas que nos foram ensinadas até hoje, podem parecer rudes diante dos japoneses. Como por exemplo: comer de pouquinho em pouquinho ou evitar ruídos.
Dependendo de como se comportar, pode apresentar um pouco do seu conhecimento e, acima de tudo, respeito. Já que estará demonstrando o quanto você aprendeu sobre a etiqueta em restaurante japonês e sua cultura.

Diferença entre as regras de etiqueta em restaurante japonês e ocidental

A importância de conhecer as regras de etiqueta em restaurante japonês é a mesma de entender os hábitos de qualquer outra cultura. Visto que o que pode ser considerado desrespeitoso em um local, pode ser considerado respeitoso em outro e vice-versa.
Sendo assim, para entender as normas à mesa ou em qualquer outro lugar, no Japão, tenha em mente que nossos modos são distintos. De forma que o inapropriado pode ser comum ou ideal em certos lugares.

Alguns exemplos disso são:

Maneira de chamar o garçom: sendo mais comum algo silencioso e sutil aos ocidentais, porém um “sumimasen” (com licença), aos japoneses;
Oferecimento de gorjetas: em muitos países, as gorjetas são vistas como um agrado e demonstração de satisfação do serviço. Contudo, no Japão, isso é similar a um insulto. Pois todo o serviço realizado já foi devidamente cobrado. Logo, não há necessidade de nada além;
Cavalheirismo: se você fosse ao Japão sem saber de nada, pensaria que os japoneses não possuem nem um pingo de cavalheirismo. Uma vez que não abrem portas para as mulheres, empurram em locais lotados e não oferecem seus lugares em ônibus ou metrôs. A questão é que o cavalheirismo japonês está mais ligado à época dos samurais. Simbolizando coragem e fidelidade;
Comer com as mãos: em restaurantes ocidentais, apenas comer frangos podem ser bem vistos dessa forma, porém quando se trata de sushi, pode parecer um tanto quanto estranho. Mas é comum, principalmente aos homens japoneses. De forma que você pode se sentir à vontade para comer assim.

Tenha sempre em mente que nossos modos são distintos (divulgação)

Esses foram alguns exemplos que apresentam as diferenças entre orientais e ocidentais. Então, aceitando a necessidade desse conhecimento, você aprenderá facilmente sobre os costumes japoneses e não cometerá erros.

Conheça as formas corretas de se comportar à mesa, segundo os japoneses

Agora que você compreende que os costumes japoneses não devem ser comparados aos hábitos ocidentais. Provavelmente já está apto a aprender algumas dicas de etiquetas em restaurante japonês. Mas não se preocupe, pois não são complicadas e serão fundamentais a quem admira e respeita o Japão.

Cumprimentar após escutar o irashaimasê (bem-vindo)

Ao entrar, cumprimente após escutar o irashaimasê (divulgação)

Assim que entramos em um restaurante japonês, a primeira expressão que escutamos é o famoso irashaimasê. Como forma de cumprimento e agradecimento, apenas acene com a cabeça.

Começar dizendo itadakimasu e terminar com goshisou sama

Itadakimasu e goshisou sama expressam gratidão ao alimento (divulgação)

Basta falar essas palavras antes e depois da refeição, com as palmas das mãos unidas como prece e a cabeça levemente abaixada. Isso porque ambos os termos expressam gratidão ao alimento.

Comer sushi e sashimi inteiro

Sushi ou sashimi não deve ser comido em partes ou pela metade (divulgação)

Embora pareça errado encher a boca de comida, de acordo com as regras de etiqueta japonesas, você não deve comer um sushi ou sashimi pela metade ou em partes. Pois, caso seja feito de maneira incorreta, é visto como um insulto ao chef.

Colocar wasabi no alimento

O indicado é pegar apenas uma pequena porção de wasabi (divulgação)

Se você sabe o que é esse tempero oriental, então provavelmente estará se perguntando como pode ser o correto, sendo algo picante.
Porém o wasabi é um tempero necessário não apenas para dar sabor, mas também para higienizar o alimento cru. Sendo assim, o indicado é pegar uma pequena porção com o hashi e inserir diretamente no sushi ou sashimi.

Molhar apenas o peixe no shoyu

O correto é molhar levemente do peixe no shoyu (divulgação)

Muitas vezes cometemos o erro de encharcar o sushi, entretanto saiba que o correto é molhar levemente o lado do peixe no shoyu. De forma a não alterar o sabor da refeição.

Utilizar os hashis corretamente

Hashi deve ser apoiado no descanso caso não esteja utilizando (divulgação)

Para isso, basta utilizá-los paralelamente e não usar para espetar os alimentos e não enfiar verticalmente na tigela. Visto que, caso seja feito, é uma grande ofensa, já que é relacionado ao ato de colocar incenso em missas.
O hashi também não deve ser apontado às pessoas e nem usado para colocar algum alimento na tigela de outro indivíduo. Já que se trata de um item individual.
Além disso, lembre-se de não os apoiar na mesa, utilize o descanso para hashi (hashioki), caso não esteja utilizando.

Fazer barulho ao comer

Ruídos ao comer são observados como elogios (divulgação)

Mais comuns às sopas e macarrão. Os ruídos feitos ao comer esses alimentos são observados como um elogio, pois mostra que está comendo com gosto.
Referente ao macarrão, assim como os sashimis e os sushis, não é indicado cortar ou morder. Pois sugando o macarrão você estará captando corretamente o sabor e aroma da refeição.

Não pegar ou entregar o dinheiro diretamente na mão do garçom ou caixa

Não pegue ou entregue o dinheiro diretamente na mão do garçom (divulgação)

De qualquer modo, a primeira regra é não pagar diretamente ao garçom, o que evita constrangimentos como as gorjetas. Portanto, após as refeições, se direcione ao caixa.
Mesmo no caixa não é indicado entregar ou receber o dinheiro diretamente na mão. Pois é um item que carrega consigo muita sujeira, não sendo indicado o manuseio direto. Dessa forma, você deverá colocar o pagamento em uma bandeja disponível em todos os caixas, tanto de restaurantes quanto de qualquer outro comércio.
Essa também é uma maneira de evitar contato físico. Algo não muito comum aos japoneses.

Saiba mais sobre a história e cultura do Japão
E você, já cometeu alguns desses erros?
Caso tenha gostado desse artigo, compartilhe aos seus amigos e parentes amantes do Japão e sua gastronomia. Assim você estará repassando conhecimento e respeito à cultura. Evitando gafes e demonstrando contentamento.
(Mariana Kisaki)

Comentários
Loading...