ERIKA TAMURA: Japão, o país todo em estado de emergência

Foi declarado, semana passada o estado de emergência em todo o território japonês. Já havia escrito sobre o estado de emergência e a declaração do primeiro-ministro do Japão, mas naquele momento, o estado de emergência era válido apenas para 7 províncias. E na semana passada, o primeiro ministro japonês, Shinzo Abe, decretou o estado de emergência para todo o Japão.
Para quem conhece o Japão, sabe que, devido a sua pequena extensão territorial, as cidades são muito próximas umas das outras, portanto o que estava acontecendo é o seguinte: moradores das cidades que localizam-se nas províncias em estado de emergência, estavam indo passear nas cidades que não se incluía em tal determinação. Era o caos instalado…
Um dos fatores que também contribuíram para que o estado de emergência fosse decretado no país todo, foi a proximidade do Golden Week, o famoso feriadão do mês de maio no Japão. Muitas pessoas estavam planejando viajar, de uma província à outra, durante o feriado, o que agora não é mais recomendado.
Na prática, não mudou muito o cotidiano das pessoas, pois quem não pode trabalhar em casa, continua trabalhando. Transportes públicos e setores de serviços (hospitais e farmácias) continuam operando normalmente, o comércio é facultativo, áreas de lazer, estão fechados. Mas não existe proibição, o que existe é recomendação.
Eu estou aqui, trabalhando de casa. Os meus eventos foram cancelados, obviamente. Mas não pensem que estou à toa, muito pelo contrário, os atendimentos na ONG que trabalho, aumentaram. Existe uma maior demanda no atendimento psicológico, e isso é reflexo da situação atual.
Realmente, a incerteza com o futuro, tem mexido com todos nós, de maneiras e intensidades diferentes, mas mexeu…
Tudo voltará ao normal? Eu tenho a opinião de que não voltará como era antes, porque, reflitam, essa situação tem mostrado novas formas de se viver. Os nossos hábitos nunca mais serão os mesmos, a preocupação de higienizar tudo, acredito que, continuará mesmo depois que tudo isso passar.
Já dizia Darwin que, o sucesso não será daquele mais esperto, nem mais inteligente, e sim, do que melhor se adaptar. Essa frase nunca fez tanto sentido como agora! Pensem…
Até no mundo do entretenimento, o que vemos? Uma enxurrada de lives dos artistas, como forma de reinvenção para continuar atendendo o seu público. E indo muito além do que o próprio show físico.
No Japão, a prática do home office nunca foi visto muito bem pelos japoneses. Para as corporações japonesas, existe a cultura de que é importante a sua presença no escritório, mesmo que seja improdutiva. Para os japoneses, o cartão de entrada e saída é importante, e essencial para uma empresa. Mais uma vez a situação atual, provando que não é bem assim, e que trabalhar em casa, é totalmente possível. Aliás, hoje faz-se necessário! Tendo uma internet está tudo certo. E olha que nem precisamos mais de computador, em alguns casos, o próprio celular resolve tudo, mesmo que emergencialmente.
Olha a palavra “adaptação” reinando toda poderosa aí.
Ultimamente tenho refletido muito sobre tudo isso que estamos passando, e olha que já passei por muita coisa nesse Japão! Mas em caso de terremoto, tsunami, radiação, etc, bastava eu pegar o avião e buscar conforto no Brasil, ou em qualquer outro lugar do mundo. Mas agora não! Agora, esse vírus me mostrou que, o mais importante de tudo isso é cada um fazer a sua parte de forma consciente, responsável e infelizmente esperar que tudo isso passe. Digo infelizmente, porque eu odeio essa frase: “o tempo cura tudo”. Logo eu que sou ansiosa, e não gosto de esperar nada dos outros, quero resolver tudo para ontem, me sinto impotente diante tudo.
Agora é hora de darmos valor aquilo que nunca valorizamos. O nosso tempo para cuidar de nós mesmos. Se não fosse esse vírus, eu estaria trabalhando feito louca, sem descansar, e apegada a coisas materiais que hoje, não faz mais o menor sentido…
E você? Tem dado valor a você? Se olhou por dentro e o que é mais importante?
Se o que você mais valoriza nesse momento é algo que o dinheiro possa comprar, então você não entendeu nada do que estamos vivendo!

Comentários
Loading...