Dicas de beleza japonesa: Do skincare ao bem-estar, descubra os hábitos secretos de rejuvenescimento asiático

Beleza é uma palavra com significado muito forte e variável, visto que cada um vê as coisas de formas diferentes. Mas não temos como negar que descobrir as dicas de beleza japonesa é uma tentação a qualquer um que seja fascinado em rejuvenescimento e saúde facial.
Isso porque, quando pesquisamos sobre o Japão, os elementos atraentes são sua tradição, locais turísticos e alimentos, bem como hábitos saudáveis, longevidade e bem-estar, observados, principalmente, no físico saudável dos japoneses, personalidade calma e rosto aparentemente jovem e sem marcas.
O segredo para essa plenitude e juventude, porém, não se encontra em cirurgias ou produtos específicos. Para isso, basta seguir as dicas de beleza japonesa que dependem apenas de rotina simples e autocuidado.

9 dicas de beleza japonesa: Confira os segredos para um corpo jovem, saudável e feliz
A princípio, você deve entender que as dicas de beleza japonesa não fazem milagres já que juventude não tem a ver apenas com um corpo sadio e uma pele bonita, sendo algo muito mais relacionado à mentalidade e estado de espírito.
Apesar disso, seguindo as etapas descritas a seguir, você estará a alguns passos do rejuvenescimento desejado. E iniciará sua rotina de autocuidado, autoconhecimento e melhoria do seu bem-estar. Portanto, tenha essa experiência como um momento de amor próprio, até porque são cuidados diários que devem ser feitos sem pressa e com carinho. Confira a seguir.

Limpeza facial japonesa (divulgação)

Limpeza facial correta
A limpeza facial correta não é feita apenas com água e sabão. Você deve lavar seu rosto com um sabonete específico. Ou seja, não devemos usar aqueles utilizados durante o banho ou para a lavagem das mãos.
A dica de beleza japonesa para essa questão é o método 4-2-4, no qual é realizada uma massagem para limpeza profunda do rosto, seguindo os passos:
Passe um óleo no rosto massageando em movimentos circulares de dentro para fora por 4 minutos;
Após os primeiros 4 minutos, higienize seu rosto, realizando os movimentos circulares e utilizando um sabonete facial de sua peferência, por mais 2 minutos;
Por fim, enxágue sua face com os mesmos movimentos por cerca de 4 minutos, em uma água que deve iniciar morna e finalizar fria.
O método 4-2-4 funciona porque tende a aumentar a circulação sanguínea na região da face. É indicado para todas as noites, porém, pode ser feito apenas quatro vezes por semana. Mas as japonesas não param por aí. Para uma pele realmente saudável e macia, é necessário limpar, tonificar e hidratar ao menos duas vezes ao dia. Ou seja, de manhã e a noite. Após todos esses cuidados, sua pele estará livre da oleosidade e impurezas.

Dicas de beleza japonesa – arroz (divulgação)

Utilização da água do arroz
Parece estranho dizer que a água do arroz pode fazer milagres? Então é porque você não conhece quem utiliza o pepino, abacate ou mesmo o café na pele.
A água do arroz é rica em vitaminas e nutrientes capazes de diminuir a oleosidade da pele, clarear manchas, reduzir os sinais de envelhecimento, evitar irritações e proteger a pele contra os raios UV.
Além disso, auxilia no fortalecimento capilar, sendo indicado para o corpo inteiro e o cabelo.
Modo de fazer o tônico: basta lavar 1/2 xícara de arroz em 2 xícaras de água filtrada. Tampar a tigela e reservar por 30 minutos a uma hora.
Em seguida, coe o arroz e coloque a água na geladeira.
Embora a mistura possa ser usada em 2 dias, a sugestão para essa dica é usar fria no mesmo dia, com a ajuda de um algodão que deve ser umedecido. Após passar o creme em sua pele, deixe secar naturalmente.
Essa dica de beleza japonesa pode ser realizada todos os dias ou ao menos três vezes por semana.

Raios ultravioletas do sol podem provocar câncer de pele (divulgação)

Diminuição da exposição ao sol
Uma rotina comum às japonesas é a utilização de protetor solar todas as manhãs, visto que os raios ultravioletas, emitidos pelo sol, podem provocar câncer de pele e envelhecimento precoce, em casos de exposição excessiva.
Além disso, um elemento muito usual é o chapéu, item que serve não apenas para complementar um look, mas também proteger a pele dos raios solares.
Logo, se você quer uma pele saudável e segura, então que tal implementar essas medidas ao seu dia a dia? Procure também evitar se expor ao sol das 10 às 16 horas.

Massagem facial é uma das dicas que mais proporcionam bem estar (divulgação)

Massagem facial
Também   conhecida por kobido, a massagem facial japonesa é uma técnica antiga que busca mostrar o caminho da beleza interior e exterior sem a necessidade de métodos invasivos e desagradáveis, como os procedimentos cirúrgicos.
Para sua realização, tenha disponível ao menos de 30 minutos a 1 hora do seu dia. Lembrando que, dentre as dicas de beleza japonesa, essa é uma das que mais proporcionam bem-estar, autocuidado, relaxamento e resultado instantâneo, uma vez que os movimentos precisos que variam de rápidos a lentos promovem:
Aumento da circulação sanguínea;
Eliminação do excesso de líquido facial;
Alívio da tensão e ativação dos pontos de energia.
O kobido é deve ser feito após a prática de limpeza de pele, durante o momento de hidratação, já que para a execução dos movimentos será necessário o uso de algum creme para o deslize repetitivo das mãos pela face.

Massagem na cabeça diminui o estresse e melhora a circulação (divulgação)

Massagem na cabeça
Uma maneira de diminuir o estresse e melhorar a circulação sanguínea e a saúde capilar é a massagem na cabeça tão famosa entre os japoneses. Experiência tão popular e aprovada no Japão que originou os spas específicos para essa finalidade.
A aplicação correta dessa dica depende apenas de colocar pressão no couro cabeludo utilizando as próprias mãos ou apenas os dedos. Você pode também unir essa técnica com a massagem facial, pressionando as têmporas levemente com os dedos e fazendo movimentos circulares.
O ideal é executar por 5 minutos, pelo menos duas a três vezes por semana. Além disso, não faça após o banho, pois a massagem capilar promove a oleosidade.

Alimentação é um dos fatores mais importantes (divulgação)

Alimentação saudável e equilibrada
A alimentação é um dos fatores mais importantes aos japoneses, sendo levada em conta não apenas por quem foca na beleza, mas também por todos que pensam em sua saúde.
Dessa forma, fica fácil entender o porquê de muitos habitantes do Japão não terem a aparência da idade que têm pois o consumo de peixes e chá verde já é algo muito comum no país. Esses são elementos importantes aos cuidados com a pele e cabelo, além de auxiliarem na melhoria da saúde e bem-estar.

Sugestão é não abusar nos cremes (divulgação)

Atenção à maquiagem
Quando falamos em “rebocar” a cara, quem você acha que utiliza mais maquiagem: as brasileiras ou as japonesas? Para essa pergunta, tenha certeza de que a resposta é: as brasileiras. Porém, não porque precisam, mas sim porque podem.
Isso porque, no Japão, as adolescentes são proibidas de usar maquiagem na escola e há alguns ambientes de trabalho que orientam o pouco uso de cosméticos.
Logo, muitas vezes as japonesas aplicam as makes apenas como um corretivo. E isso é bom e indicado, pois o uso de maquiagem em excesso pode obstruir os poros causando acne e estimulando o envelhecimento precoce.
Além disso, outra sugestão é não abusar nos cremes e demais produtos, visto que só os atos de limpar, tonificar e hidratar a pele já são o suficiente para um bom cuidado.
Caso contrário, o excesso de substâncias em contato com a pele pode gerar sensibilidade e desgaste, fazendo com que deixe de cumprir sua função como barreira protetora contra fatores externos, como o sol e a poluição.

Autocuidado mental evita o envelhecimento (divulgação)

Autocuidado mental
O autocuidado mental é essencial para evitar o envelhecimento da pele e da mente, já que o estresse e a ansiedade podem ocasionar o cansaço físico e mental, originando o desânimo para realizar os mínimos cuidados com a sua pele. Além disso, pode estimular o aparecimento de rugas e, consequentemente, o envelhecimento da pele.
Portanto, antes de mais nada, busque cuidar da sua saúde mental. Para isso, tente relaxar fazendo algo que goste, descansando, tomando um bom banho quente e, quem sabe, utilizando óleos essenciais.
Os óleos essenciais podem ser aplicados no corpo ou manuseados apenas como aromatizadores. São encontrados em frascos de diversos tamanhos e aromas, tudo depende apenas da função a ser exercida ou sua preferência. Os mais indicados para relaxamento são: camomila, lavanda e ergamota.

Autoestima é uma das dicas mais importantes (divulgação)

Autoestima
Por fim, enfatizamos a necessidade do desenvolvimento e aumento da autoestima. Pois, caso você não a tenha, não importa o que faça ou melhore no seu corpo dificilmente se enxergará como uma pessoa bonita quando, na verdade, a beleza que devemos enxergar é a do nosso interior, uma vez que somos feitos de quem aparentamos ser, ou melhor, de quem somos. Ou seja, nosso caráter e personalidade. Esses sim, devem ser belos, confiantes, bondosos, humildes, alegres e mostrar diversas outras qualidades que são únicas de cada ser.
Então, tente buscar em si uma mudança interna e externa que você anseia, mas não deixe seu “Eu” por outras pessoas, porque, na realidade, ficam com você aqueles que realmente te amam quando você é quem deve ser. E não o que “deveria” ser.
Sendo assim, dentre as nossas dicas de beleza japonesa, a mais importante é: ame a si mesmo e cuide de si como gostaria que os outros cuidassem de você.
(Mariana Kisaki)

Comentários
Loading...