COOPERAÇÃO: Japão doa ao Brasil US$ 4,6 milhões em equipamentos médicos para combate à covid-19

Embaixador do Japão, Akira Yamada durante cerimônia realizada no Palácio do Itamaraty (divulgação)

Com o objetivo de contribuir para o fortalecimento do sistema de saúde e médico do país durante a pandemia da Covid-19, o Governo do Japão vai conceder ao Brasil um suporte na forma de equipamentos médicos estimados em US$ 4,67 milhões. Os aparelhos, que incluem tomógrafos e equipamentos de imagem de raio-X, serão entregues às instituições médicas por meio do Ministério da Saúde do Brasil.
O novo auxílio foi oficializado no último dia 29, em cerimônia comemorativa realizada no Palácio do Itamaraty, com a presença do ministro Sarquis José Buainain Sarquis, secretário de Comércio Exterior e Assuntos Econômicos do Ministério das Relações Exteriores, do embaixador Akira Yamada e de representantes de ministérios e agências envolvidas.

Novo normal – Após a cerimônia, o ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo convidou o embaixador Yamada para agradecer ao Japão pela contribuição com o Brasil e expressou sua intenção de promover ainda mais as relações bilaterais e cooperações no cenário internacional.
A contribuição foi implementada por meio da Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e do Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS), tendo em vista a relação amistosa e cooperativa entre Brasil e Japão.
O Governo Japonês contribuirá para o fortalecimento do sistema de saúde e médico no Brasil no combate à infecção do novo coronavírus e torce imensamente pelo alcance do novo normal equilibrado entre o controle da infecção e as atividades econômicas.

Colaboração japonesa – A doação segue outras medidas de auxílio do Governo do Japão, que também atua na resposta aos incêndios florestais na Amazônia brasileira. Em março, com o apoio no valor de cerca de US$ 820 mil, o governo do Japão forneceu roupas, luvas e capacetes de proteção contra o incêndio e purificadores de água para beneficiar as pessoas envolvidas atuando na linha de frente do combate pelo Ministério do Meio Ambiente, Ibama e ICMBio.
Além de cooperar com a atividade de combate aos focos de incêndios, o Governo do Japão continua colaborando para a conservação das florestas no Brasil com uma perspectiva de médio a longo prazo, lidando com a causa raiz da perda florestal, incluindo medidas contra o desmatamento ilegal, e trabalhando para um alcançar um desenvolvimento sustentável na região amazônica.

Comentários
Loading...