Com agendamento e horários reduzidos, Museu da Imigração Japonesa reabre para visitas no próximo dia 5

Réplica do navio Kasato Maru é uma das atrações do MHIJB (divulgação)

Depois de sete meses fechado por conta da pandemia, finalmente o Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, no bairro da Liberdade, em São Paulo, reabre suas portas ao público. Isso irá acontece no próximo dia 5 de novembro, quinta-feira.
Mas, o retorno dos visitantes à exposição sobre a histórica da imigração japonesa no Brasil deverá obedecer às normas do protocolo sanitário para evitar a disseminação do novo coronavirus. E em dias e horários reduzidos.
Administrado pelo Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social –, o Museu da Imigração Japonesa estará aberto à visitação nas quintas, sextas e sábados, das 10h30 às 13h30 (encerrando-se às 14h30, quando será feita a higienização para o dia seguinte). As visitas deverão ser agendadas antecipadamente, sendo que a lotação máxima a cada hora é de 25 pessoas.
Além disso, o Museu informa que, nesta primeira fase, será priorizado o agendamento das visitas dos participantes da Campanha Amigo que compraram os ingressos antecipadamente.

A cabana dos pioneiros também é parada obrigatória (divulgação)

O Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil ocupa os 7º, 8º e 9º andares do Edifício Bunkyo (Rua São Joaquim, 381 – próximo à estação São Joaquim do metrô)

As visitas ao Museu da Imigração Japonesa podem ser agendadas pelo e-mail:
museu@bunkyo.org.br /
Tel.: (11) 3209-5465
e pela página
https://www.bunkyo.org.br/br/agendamento-online/

Horários para agendamento:
1º horário – 10:30 hs – 25 pessoas;
2º horário – 11:30 hs – 25 pessoas;
3º horário – 12:30 hs – 25 pessoas;
4º horário – 13:30 hs – 25 pessoas;
Encerramento de visita – 14:30 hs

Comentários
Loading...