Campinas realiza 29ª edição da Cerimônia do Sino da Paz Celestial

(Luciane Tiemi Nohana)

Campinas realizou no último dia 9, a 29ª edição da Cerimônia do Sino da Paz Celestial na cidade. Nessa mesma data, no ano de 1945, a cidade japonesa de Gifu, cidade-irmã de Campinas, foi bombardeada por tropas Aliadas, já no fim da Segunda Guerra Mundial. O toque do sino simboliza a importância da paz entre os povos. A solenidade realizada no espaço externo do Paço Municipal contou com a participação do vice-prefeito de Campinas, Henrique Magalhães Teixeira.
A cerimônia foi diferente das últimas edições, que contou com público e apresentações artísticas da comunidade japonesa em Campinas. Por conta das recomendações de distanciamento social em razão da pandemia de Covid-19, o evento ocorreu sem público e de maneira simples e rápida. Os participantes também seguiram os protocolos de higienização das mãos com álcool em gel e usaram máscaras durante todo o evento. O evento é realizado numa parceria da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo com o Instituto Cultural Nipo-Brasileiro de Campinas.
A celebração acontece em Campinas desde 1990. Todos os anos, o Sino da Paz é tocado no espaço externo do Paço Municipal, onde está instalado desde que transferido do Nipo Brasileiro de Campinas, em 2004. O sino foi oferecido em doação pelo monge Yasugiro (Anjo) Nakabayashi. Sempre no dia 9 de julho, um sino é tocado em cerca de 300 cidades em diferentes locais do mundo para relembrar o bombardeio e a necessidade de manter a paz.
Representando o prefeito Jonas Donizette, o vice-prefeito Henrique Magalhães Teixeira lembrou do grande sofrimento da população de Gifu há 75 anos e destacou a importância de buscarmos a paz e a harmonia no mundo a todo momento. “Que hoje seja um dia de reflexão para todos nós e o ressoar do sino cumpra seu papel de reverberar a busca por uma sociedade pacífica.”
Neste ano, além do vice-prefeito de Campinas, a breve solenidade contou com a participação do presidente do Instituto Cultural Nipo Brasileiro de Campinas, Tadayoshi Hanada; do vereador Luis Yabiku; de Mina Matino, representante da prefeitura de Gifu em Campinas; e do assessor Hemerson Gabriel Silva, representando o Departamento de Cooperação Internacional, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Social e de Turismo.

Cerimônia foi diferente das últimas edições realizadas em Campinas (Luciane Tiemi Nohana)

Cidade-irmã – Campinas tornou-se oficialmente cidade irmã de Gifu em 1982. No ano passado, cerimônia do Sino da Paz Celestial em Campinas contou com a presença do prefeito de Gifu, Masanao Shibahashi. Na ocasião, ele assinou com o prefeito Jonas Donizette um Memorando de Entendimento que prevê a troca mútua de informações entre os dois municípios em áreas como transporte, urbanismo, esporte e a paz mundial.
Em junho deste ano, num gesto de solidariedade, a prefeitura de Gifu doou cinco mil máscaras de proteção e duas mil luvas cirúrgicas a Campinas como ajuda para o trabalho de combate à pandemia do coronavírus.
(do site da Prefeitura de Campinas)

Comentários
Loading...