BRASIL-JAPÃO: Com lives e homenagens, cônsul geral se despede da comunidade

(Aldo Shiguti)

A comunidade nikkei residente no Estado de São Paulo – e também de outras localidades – se despediu do cônsul geral do Japão em São Paulo, Yasushi Noguchi, como se despedisse de um amigo. Os dois anos e nove meses de sua permanência entre nós vai deixar saudades e, mesmo impossibilitada de realizar as tradicionais cerimônias presenciais por causa da pandemia do novo coronavírus, a comunidade deu um jeito de dizer “até breve”. Foram lives – muitas lives – e homenagens.
Como a que o cônsul recebeu no dia 9 deste mês da Câmara Municipal de Araçatuba, que por intermédio da vereadora Tieza (PSDB) – que também preside aquela Casa – concedeu o Título de Cidadão Araçatubense ao cônsul geral.
Além do homenageado, que participou da sessão online direto da capital paulista, também participaram da sessão virtual representantes da comunidade japonesa – entre eles o presidente da Federação das Associações Culturais da Noroeste, Shinichi Yassunaga – o prefeito Dilador Borges (PSDB) e os vereadores Dr. Alceu (PSDB) e Dunga (DEM).
“Nós de Araçatuba temos grande afinidade com os japoneses e para mim é uma satisfação essa oportunidade de homenagear uma autoridade do Japão. Tenho um grande apreço pela comunidade japonesa, com a qual convivi desde pequena”, destacou a proponente da homenagem.
Também a Câmara Municipal de São Paulo, numa iniciativa conjunta dos quatro vereadores nikkeis – Aurélio Nomura, Rodrigo Hayashi Goulart, George Hato e Ota, além do presidente Eduardo Tuma – entregaram, nesta segunda-feira, 13, Diploma de Honra ao Mérito pelos relevantes serviços prestados e pela dedicação para o fortalecimento da comunidade nikkei no Brasil.

Popular – Realizada na Sala da Presidência, a cerimônia contou com a presença do cônsul, dos vereadores George Hato e Aurélio Nomura e o vice-presidente do Bunkyo – Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social –, Jorge Yamashita (na ocasião representando o presidente Renato Ishikawa), além do Chefe de Gabinete do vereador Ota, Toshiyuki Takeda.
Aurélio Nomura explicou que a ideia era fazer uma grande festa de agradecimento mas que não foi possível dentro desta nova realidade que o país vive. “Esperamos que volte mais vezes”, disse. Ao Jornal Nippak, Nomura elogiou o cônsul pelo trabalho de aproximação com a comunidade. “Acho que foi um dos cônsules mais populares que nós tivemos e o que esteve mais presente em todos os eventos, não só na cidade de São Paulo como também no interior e em outrros Estados de sua jurisdição, como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e a região do Triângulo Mineiro. É uma homenagem nossa que espero que marque para ele assim como ele ficou marcado em nossa memória e quem sabe, mais para frente, possamos nos encontrar em outros lugares ou mesmo retornando para o Brasil, em outra função. Fizemos um grande amigo”, explicou o vereador, que citou três atuações marcantes do cônsul na cidade de São Paulo.

SP-Osaka – “Ele foi a pessoa que pilotou os 110 anos da imigração, foi o responsável pela manutenção da Japan House São Paulo e também teve presença marcante nos 50 anos de irmandade entre as cidades de São Paulo e Osaka. Foram três eventos extremamente marcantes que fecham com chave de ouro a relação que ele teve com o nosso país”, afirmou Nomura.
George Hato também agradeceu os “valiosos ensinamentos” japoneses transmitidos pelo cônsul.
Já Jorge Yamashita parabenizou Yasushi Noguchi pela “justa e merecida” homenagem. “Ainda agora estávamos comentando que esse período de dois anos e nove meses parece ter sido curto e, ao mesmo tempo, longo pelo trabalho desempenhado pelo cônsul. Ainda me lembro que, assim que chegou, o cônsul já arregaçou as mangas para participar do mutirão de limpeza no bairro da Liberdade, o RevitaLiba, organizado pela JCI Brasil-Japão com apoio do Interkaikans e da Comissão de Jovens do Bunkyo”, observou Yamashita, que destacou ainda a atuação do cônsul nas comemorações dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, que teve como ponto alto a visita de Sua Alteza Imperial, a princesa Mako, e o seu trabalho “admirável” na Japan House São Paulo, que divulgou o Japão contemporâneo para o Brasil e o mundo. “Por tudo isso, esse título é mais que merecido”, frisou.

80 cidades – Yasushi Noguchi agradeceu a homenagem e disse que ficou impressionado pela enorme presença nikkei em São Paulo. Ele destacou a “influência muito forte” da comunidade japonesa na maior cidade do país, com menção especial aos quatro vereadores nikkeis na Câmara Municipal de São Paulo. “Inclusive, o filho do prefeito Bruno Covas também é nikkei”, observou.
O cônsul também destacou a contribuição japonesa na gastronomia paulistana – que faz com que São Pualo tenha mais restaurantes japoneses do que churrascarias – e o convênio de cidades irmãs São Paulo-Osaka. “Vamos trabalhar para estreitar ainda mais esses laços”, disse Yasushi Noguchi ,explicando que torce para que o país supere logo o desafio imposto pela pandemia do novo coronavírus e recupere sua normalidade e properidade.
Em entrevista ao Jornal Nippak, o cônsul disse que espera voltar, em breve. Mas enquanto isso não acontece, pretende trabalhar para divulgar a presença nikkei no Brasil. “No Japão, esses esforços de divulgar a cultura japonesa ainda não são muito conhecidos. Quero que o povo japonês conheça esse trabalho que vem sendo realizado ao longo desses 112 anos de imigração japonesa”, revelou Noguchi, acrescentando que no período que esteve à frente do Consulado Geral do Japão em São Paulo visitou “pouco mais de 80 cidades”.

Kampai da live organizado pela Associação de Ex-Bolsistas e JCI Brasil-Japão

Lives – Em menos de uma semana, o cônsul também participou de lives de despedida. No dia 10 de julho, na homenagem organizada pela JCI Brasil-Japão e pela Associação Brasileira dos Ex-Bolsistas do Gaimusho Kenshusei, Yasushi Noguchi enalteceu o trabalho das duas entidades e revelou que seu sucessor, o ministro da Embaixada do Japão no México, Ryosuke Kuwana, deve desembarcar no início de agosto no país.
Já nesta terça-feira, 14, ele participou da cerimônia virtual em homenagem a sua despedida organizada pelas cinco principais entidades nipo-brasileiras: Buinkyo, Kenren, Enkyo, Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil e Aliança Cultural Brasil Japão.
Na próxima quinta-feira, 23, Yasushi Noguchi é o convidado da live especial da Japan House São Paulo, onde contará sua passagem pelo Brasil.

Comentários
Loading...