Bingo em prol do Ikoi busca sensibilizar familiares de internos

Em sentido horario: Keizo, Misae, Nagato, Sunao e Reimei (Aldo Shiguti)

Neste sábado, 29, a partir das 13 horas, a Associação dos Shizuoka Kenjin do Brasiil, no bairro da Liberdade, em São Paulo, será palco do “Bingo Beneficente em Prol do Ikoi-No-Sono”. Até aí, nenhuma novidade. O diferencial deste evento é o fato de ele estar sendo organizado por um grupo de familiares e simpatizantes que sentiram a necessidade de “interação entre as pessoas em todos os momentos”. “Assim começamos uma participação mais interativa nas atividades da entidade”, conta Misae Suely Takeda, lembrando que o grupo foi formado no Natal de 2017 com apenas três pessoas. “Hoje já somos 49 membros”, diz Keizo Murohashi.
Segundo eles, as adesões não foram imediatas, mas a causa foi conquistando novos adeptos. A ideia é simples. “Sempre foi importante a união desses imigrantes e seus descendentes para enfrentar qualquer dificuldade, com gestos que acolham e protejam o legado e ensinamentos recebidos e sempre constantes. Dessa forma, irradiar os gestos para todos os povos e seus descendentes pois a união faz a diferença”, explicam, acrescentando que o grupo quer agora alçar voos mais longinquos.
E a realização do Bingo Beneficente é o primeiro passo. A intenção é sensibilizar um número maior de pessoas. A etapa seguinte deverá ser a formalização do grupo.
Para o presidente da Associação dos Shizuoka, Nagato Hara, “estava faltando um movimento dessses dentro do Ikoi”. “Acho que o mais importante é o sentimento de gratidão que eles estão despertando para que o Ikoi continue a desenvolver esse trabalho tão bonito”, conta o presidente da Assistência Social Dom José Gaspar Ikoi-No-Sono, Sunao Sato, lembrando que a entidade cuida atualmente de 67 internos, com idade média de 88 anos.

Segundo Misae, cuja mãe, Yaeko Takeda, de 95 anos, está internada há cerca de 8 anos no Ikoi, é importante que outras pessoas apoiem o movimento. “A maior satisfação para o grupo é ganhar uma nova adesão, seja de familiares, de amigos ou simpatizantes”, explica
Para Keizo, que tem a irmã Miçako Morahaki Yamanuchi, de 90 anos, internada há três anos e meio, as atividades do grupo tem contado com total apoio da Diretoria do Ikoi-No-Sono. Para eles, o diálogo entre a Diretoria do ikoi e o grupo de familiares se tornou sincero e agregador e deu oportunidade para ambas as partes fazerem as escolhas e unir forças para que todo o sacrifício dos pioneiros tenha valido a pena”.

Bingo Beneficente em prol do Ikoi-No-Sono

Quando: Dia 29, das 13 às 17 horas
Onde: Associação dos Shizuoka (Rua Vergueiro, 193 – Liberdade – próximo à estação São Joaquim do metrô)
Informações pelo telefone:
11/3209-0685
Para saber mais sobre
o Ikoi-No-Sono:
www.ikoinosono.org.br

Comentários
Loading...