KARAOKÊ: Akemi Okamoto assume a Liga Centro-Oeste

Akemi Okamoto com o presidente da UPK e ex-presidente da Liga, Pedro Mizutani (Celia Kataoka)

Akemi Okamoto, por unanimidade, foi eleita presidente da Liga Centro-Oeste da Canção Japonesa, para o biênio 2020/2021. Em Assembléia geral, no dia 18 de janeiro, a eleição aconteceu no Nipo Campinas, com a participação das associações filiadas à Liga. Pedro Mizutani deixou a presidência e agradeceu o apoio de todos e do Nipo Campinas pela colaboração, ajuda e dedicação para o sucesso dos trabalhos desenvolvidos na sua gestão.
Akemi também agradeceu as associações e o voto de confiança dado à ela e disse pretender trabalhar muito em prol da Liga. “Darei continuidade ao excelente trabalho que vem sendo desenvolvido pela gestão anterior e pretendo criar novos projetos” disse Akemi. Um deles é o de incentivar a participação de crianças no Karaokê.
Temos poucas crianças nas categorias “doyo” e “tibiko” nos concursos musicais da Liga, dificultando uma boa participação nos grandes concursos a nível estadual e nacional, Paulistão e Brasileirão de Karaokê”, comenta Akemi. “Estamos propondo premiações especiais para as crianças como forma de incentivo”, completa.
Outro projeto da nova diretoria é aumentar o número de associações, oferecendo apoio técnico e informações na organização de concursos musicais (taikais), quando houver dificuldades na sua realização. O Nipo de Sumaré (SP) é a mais nova filiada da Liga Centro-Oeste da Canção Japonesa e já pretende realizar o seu primeiro taikai em novembro deste ano.
A Liga terá outro grande desafio: sediar o Concurso Internacional da Abrac (Associação Brasileiro de Canção), que será no dia 17 de outubro, na Associação Okinawa Kenjin de Campinas. Este evento conta com o apoio do ex-presidente da Liga, Pedro Mizutani, e com o “braço direito” Aquico Miyamura, além dos diretores, cantores e voluntários da Liga Centro Oeste da Canção Japonesa.

Akemi Okamoto – Akemi Okamoto, advogada e fonoaudióloga, canta desde os 42 anos de idade e foi incentivada pelos pais a trilhar o caminho da música. Foi premiada em vários concursos como Paulistão e Brasileirão e em 2013, sagrou-se campeã num concurso realizado no Japão, em Yokohama. Participa em eventos, shows e performances musicais promovidos pelas entidades nikkeys no estado de São Paulo e no Brasil, sempre divulgando e preservando a cultura japonesa.
(Célia Kataoka, especial para o Jornal Nippak)

Comentários
Loading...