A ilusão de uma vida melhor no Japão

Tenho acompanhado vários casos de brasileiros que chegam ao Japão, para trabalhar, com sonhos e objetivos surpreendentes. Até aí, tudo bem, sonhos são os momentos de utopia importantes, objetivos são essenciais na vida de qualquer pessoa, mas o que está acontecendo é a ilusão de que a vinda ao Japão sanará todos os problemas existentes, principalmente os financeiros.

Gostaria de deixar bem claro que, cada caso é um caso, mas os casos que chegam até mim, na maioria das vezes, a família está iludida com uma vida que não cabe na realidade (e nem orçamento) atual.

Vamos lá, o salário já não é mais o mesmo que antes, ou pode até ser, mas o imposto aumentou, as tributações são tantas que devem ser tudo muito bem calculado antes de se tomar a decisão de embarcar para o Japão. Outro ponto que acho crucial, e na minha opinião, o mais agravante, a educação dos filhos. Vejo inúmeros casos de crianças sofrendo com a adaptação nas escolas japonesas, e o que é pior, o distanciamento do convívio com os pais. Esses por sua vez, chegam do trabalho exaustos (a carga horária é puxada) e não têm nenhum tipo de comunicação com os filhos, perdendo aos poucos e muitas vezes sem perceber, o vínculo familiar.

É triste! Mas tem solução! Basta priorizar a família, e não o dinheiro.

Por incrível que pareça, estamos em 2020 e falando sobre mais amor com os entes familiares.

Observei cada caso atendido, e notei que todos vieram ao Japão em busca de uma vida melhor, segurança, educação, emprego, estabilidade financeira… Mas será que o Japão oferece isso tudo mesmo? Existe um preço para isso? Estão dispostos a pagar esse preço? Têm estrutura para aguentar o tranco?

Não é fácil, o Japão não é para amadores. Principalmente se a estrutura psicológica não estiver forte. Eu já sofri muito nesse país, por isso faço o alerta.

Gosto do Japão, e adoro viver aqui, mas pago um preço alto por isso. A distância familiar é uma delas, perdi todas as festas familiares no Brasil, e o pior, não consegui me despedir da minha avó, quando ela faleceu. Não consegui ir por restrição financeira mesmo, foi um perrengue atrás do outro, e depois ainda tive que ouvir do meu primo que sou a neta desnaturada porque não compareci no velório. Alguém tem ideia de como isso doeu em mim? Eu estava preparada para passar por isso? Claro que não! Mas tive que me manter forte, afinal na hora que eu fiquei sozinha ninguém me perguntou se meus filhos tinham comida, mas na hora de criticar, aparece parente até do inferno para apontar o dedo na sua cara.

Isso foi somente um caso que aconteceu comigo, presencio casos bem piores e bem mais dolorosos que o meu, mas quem não sabe o que é viver no Japão, nunca vai entender.

Quer vir morar no Japão e não quer passar dificuldades? Você pode ir se preparando de uma forma bem pé no chão, o conhecimento da língua e da cultura é uma condição sine qua non para um bom começo. Mente aberta, flexibilidade em se adaptar e o psicológico em dia, ajuda.

Mas se vier com filhos, priorize a família! Por favor! A escola japonesa não é fácil, tem regras para tudo, mas quando a criança se adapta é uma satisfação incrível, pois são muitos os aprendizados e as experiências. A escola japonesa exige muito a presença da mãe, portanto é importante a dedicação, mesmo que não saiba o idioma, é essa participação que fará todos crescerem juntos e unir ainda mais a família. No futuro, tudo isso pode ser relembrado com risos por todos, o que marcará muito a lembrança das crianças.

O meu filho sofreu bastante aqui no Japão, até se adaptar e entender tudo foi um grande passo, e eu cresci com ele, cada situação que passamos, mas hoje quando lembramos, damos risadas, nos divertimos e percebi o quanto isso contribuiu para o formação do seu caráter.

A vida no Japão não é fácil, mas pode ser super agradável se conseguirmos absorver os bons ensinamentos e nos encaixarmos na sociedade japonesa. Basta não se iludir, achando que o Japão irá resolver todos os seus problemas da vida, pode ser encarado como um novo passo de uma linda caminhada.

Comentários
Loading...