3º Rio Matsuri teve concurso de miss, cosplayers, shows, artes marciais, exposições e gastronomia

O apresentador Kendi Yamai ao lado das vencedoras do Concurso Miss Nikkey Rio de Janeiro
O apresentador Kendi Yamai ao lado das vencedoras do Concurso Miss Nikkey Rio de Janeiro

Os alunos da professora Isadora Shinagawa, de 28 anos, terão um motivo a mais para frequentar as aulas de inglês. A jovem acaba de ser eleita Miss Nikkey Rio de Janeiro 2020 e representará o Estado no palco principal do 23º Festival do Japão, que acontece entre os dias 10 e 12 de julho, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, na capital paulista. Além dela, foram eleitas ainda a 1ª Princesa, Yasmine Sayuri; a 2ª Princesa, Gabriela Hasegawa; e a 3ª Princesa, Giovanna Tamie. No total, participaram 12 candidatas. O desfile, apresentado por Kendi Yamai, foi realizado no sábado, segundo dia do Rio Matsuri.

Com 1,72m, Isadora é formada em Letras e trabalha na área, como professora de inglês e como tradutora. Para 2020, seus planos incluem aprender também o idioma de seus avós paternos. Após o resultado, a bela confidenciou à reportagem do Jornal Nippak que era a primeira vez que se candidatava. E admite que ficou nervosa. “Autocrítica”, conta que errou “algumas coisas”.

“Ensaiei muito em casa, mas felizmente acabou dando tudo certo”, disse, aliviada, afirmando que decidiu se inscrever por ser fã da cultura japonesa.  “Sempre tive muita curiosidade e acho a beleza nipônica fantástica. Por isso, quando fiquei sabendo, não pensei duas vezes”, explicou Isadora, acrescentando que “quis me desafiar sendo o centro das atenções e desfilando em público”.

“Parece fácil, mas não é. A gente quebra barreiras e é necessário muita preparação física e emocional”, conta ela, afirmando que a partir de agora pretender voltar suas atções para a grande final, em São Paulo. “Espero representar bem o Rio de Janeiro”, disse Isadora, destacando que curte comida japonesa.  Oniguiri, sushi de salmão e yakisoba estão entre seus pratos favoritos. “Se me derem um quilo de sushi de salmão devoro tudo”, brinca Isadora, que recebeu a faixa de sua antecessora, Lyvia Kajishima, de 22 anos.

Emocionada, Lyvia contou que o reinado, que na verdade teve início há três anos, foi uma etapa muito importante em sua vida. “Cada ano cresci em um aspecto diferente, mas o ano passado foi muito especial para mim, foi o ano que me senti inteira e que consegui realizar um sonho antigo. Então, aproveitei cada momomento”, disse Lyvia, afirmando que seu principal aprendizado foi a “descoberta pessoal”. “Não é fácil subir no palco, enfrentar nossos medos, enfrentar nossa vergonha e enfrentar o nervosismo. É uma superação sem igual e uma oportunidade de empoderamento das nikkeis também”, explicou a futura médica, afirmando que “se pudesse, faria tudo de novo”.

As próximas etapas do Miss Nikkey já estão definidas. Para participar, basta ficar atenta ao calendário e se inscrever pelo site: www.missnikkey.com.br

 

Kauan Okamoto – Durante o intervalo do concurso, que se apresentou no palco do Rio Matsuri foi o cantor Kauan Okamoto. Mestiço, Kauan nasceu em Toyohashi, na província de Aichi, e é a segunda vez que vem à terra de seus avós, que moram no Paraná – a mãe é de Votuporanga (SP). A primeira vez que estve por aqui foi 2016. Desta vez, além de cantar no palco do Rio Matsuri, Kauan participar do programa Raul Gil.

Como ponto forte – canta em japonês, português e inglês – , ele mesmo compõe suas músicas e cria suas coreografias, além de dirigir seus vídeos clipes. Antes de começar sua carreira solo, em 2018, tentou a carreira de modelo. Como as cantoras Anitta e Ludmilla, que conquistaram o mundo com o pop, Kauan também quer se tornar a ponte do Japão e do Brasil através da música.

A terceira edição do Rio Matsuri proporcionou aos visitantes uma verdadeira imersão na cultura japonesa. Foram quatro dias de festa no Pavilhão 4 do Riocentro Convention & Event Center – todo decorado com tanabatas.

Os visitantes puderam vivenciar o que há de melhor na cultura japonesa, com exposições culturais, danças tradicionais, bon odori, workshops, apresentações artísticas, shows e apresentações de artes marciais.

Leia mais às pginas 4 e 5

(Aldo Shiguti)

Comentários
Loading...