ERIKA TAMURA: Youtubers – a nova profissão da moda

Para quem não sabe, eu trabalho aqui no Japão, em uma ONG que dá assistência aso brasileiros que moram no Japão. E uma das vértices dessa assistência está relacionada à educação dos jovens brasileiros.

Pois bem, costumo visitar muitas escolas brasileiras e japonesas, e conversar com os jovens, para entender de forma mais lúcida, o mundo em que vivem e o que buscam para o seu futuro. E nas últimas visitas me surpreendi com a constatação de que muitos jovens querem ser “youtubers”.

Uma vez, assisti à uma palestra do diretor da Latam, empresa aérea, onde ele dizia que a melhor profissão no futuro é aquela que ainda não existe. Na hora fiquei pensando nessa frase, mas olha só quanta verdade!

Quem de nós, há 10 anos, imaginávamos que fazer vídeos para internet, com assuntos e temas variados, seria uma profissão?

Tenho certeza que, essa convicção em querer ser youtuber, ganhou mais força com a vinda do Whindersson Nunes ao Japão, especificamente para apresentações do seu show.

E é incrível a força da internet hoje em dia! Whindersson é o maior youtuber do Brasil, com 35 milhões de seguidores. Eu estive no show e pude comprovar o quão influente ele é.

Aliás, influenciar as pessoas, é a nova denominação da moda entre os jovens, em uma escola que visitei, perguntei o que os jovens queriam ser quando crescerem, e a resposta foi: youtuber entre os meninos, e digital influencer entre as meninas. Fiquei surpresa!

Abordei exatamente sobre esse assunto com o Whindersson, onde ressaltei a sua influência na perspectiva de futuro dos jovens, principalmente os jovens brasileiros que vivem no Japão. Whindersson respondeu com muita simplicidade e humildade, que quando ele começou a fazer os seus vídeos, ele trabalhava carregando caminhão, e uma dica importante que ele passou é que os jovens não parem de estudar e sempre estejam fazendo alguma atividade, pois o importante é sempre estar ativo paralelamente aos vídeos.

Concordo com o Whindersson, e ainda reforço que para que os vídeos tenham conteúdo é importante estudar. Não importa o tema que queiram abordar, mas estudem antes. Tem muitos vídeos fúteis na internet? Sim! Mas hoje em dia cada um filtra os temas de acordo com o que se sente bem, o que busca, o que necessita, afinal cada um é cada um. E está tudo bem assim! Não existe mal nenhum nisso.

Só gostaria de fazer um alerta, para que, os pais prestem atenção no que os filhos têm visto, mesmo adolescentes, temos que ter um cuidado redobrado. Pois existem casos onde os jovens assistem vídeos sobre suicídio, e suicídio coletivo, e isso é muito grave! Não hesitem em buscar ajuda quando desconfiarem de algo. Estar atento e dialogar com os filhos é o melhor caminho.

Acho legal ser youtuber, tenho até curiosidade em saber mais sobre essa nova profissão, ou hobbie para alguns, mas confesso que me incomoda um pouco, estar ao lado de uma pessoa que não larga o celular. Não consigo manter um diálogo porque a pessoa não olha para o meu rosto, e acha que filmar e fotografar tudo é melhor que estar fisicamente presente com alguém.

Existe limite para tudo. E vendo o Whindersson percebi que ele separa bem a hora de fazer vídeos com a hora dele curtir. Os vídeos dele são bem visualizados sim, mas hoje, eu sei que ele não troca uma conversa pessoalmente por um bate papo virtual.

Bom senso serve para todos!

Comentários
Loading...