Sessão na Alesp homenageará Pedro Yano, sobreviventes de Hiroshima e o produtor e ator Rogério Nagai

(Divulgação)
(Divulgação)

Numa iniciativa do deputado estadual Pedro Kaká (PODE), a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo realiza nesta sexta-feira (8), a partir das 19h, no Plenário Juscelino Kubitschek, sessão solene com a finalidade de conceder a entrega do Colar de Honra ao Mérito Legislativo do Estado de São Paulo aos sobreviventes da boma atômica de Hiroshima, Takashi Morita, Kunihiko Bonkohara e Junko Watanabe e ao produtor, ativista e empresário Rogério Nagai – todos integrantes do espetáculo teatral “Três Sobreviventes de Hiroshima” – peça dirigida pelo próprio Nagai e que deu origem ao projeto Sobreviventes pela Paz.
Além deles, também será homenageado o empresário e dirigente da comunidade nipo-brasileira, Pedro Yano.
O Colar de Honra ao Mérito Legislativo é a mais alta comenda do Poder Legislativo paulista e é conferido a pessoas naturais ou jurídicas que contribuem para o desenvolvimento social cultural e econômico do Estado de São Paulo.

Rogério Nagai com os sobreviventes da bomba no espetáculo Os Três Sobreviventes de Hiroshima - Divulgação
Rogério Nagai com os sobreviventes da bomba no espetáculo Os Três Sobreviventes de Hiroshima – Divulgação

Projeto idealizado em 2016, “Sobreviventes pela Paz” tem como objetivo, segundo Rogério Nagai, “colocar sobreviventes de guerras e/ou suas histórias em cena com o intuito de causar reflexão para a importância da cultura da paz”.

“Os Três Sobreviventes de Hiroshima” reconstrói a história do militar Takashi Morita e dos civis Kunihiko Bonkohara e Junko Watanabe, que estavam em Hiroshima no dia do bombardeio. Morita tinha 21 anos na época, Kunihiko 5 e Junko 2.
Segundo Nagai, que também participa do Coletivo Oriente-se – coletivo que reúne atores profisisonais brasileiros com ascendência oriental (não só japonesa) – “a peça tem forte teor emocional, além de uma linda mensagem de paz como resiliência, perdão e esperança para dfuturas gerações”.

Pedro Yano foi um dos responsáveis pela introdução do taiko
Pedro Yano foi um dos responsáveis pela introdução do taiko

Pedro Yano – Já Pedro Yano, atual presidente da Federação de Sakura e Ipê do Brasil e ex-presidente da Associação Brasileira de Taiko (ABT), será homenageado pelo desenvolvimento social, cultural, econômico e esportivo do Estado de São Paulo. Um dos responsáveis pela introdução do ensino do taiko no Brasil, com a ajuda da Associação Fukuoka do Brasil e do Governo da Província de Fukuoka, obteve a doação de um conjunto de “taikos” (tambores japoneses), talvez, os primeiros do Brasil. Essa mesma parceria proporcionou a vinda, do Japão, de um professor/instrutor de taiko. Esse trabalho culminou com a participação de 1.200 percussionistas no Sambódromo do Anhembi nas Comemorações do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, em 2008.
Além disso, Pedro Yano ocupou diversos cargos nas associações e entidades. Foi duas vezes presidente da Associação Cultural e Desportiva Nikkei de São Miguel Paulista e duas vezes presidente da Associação Fukuoka do Brasil.
Em 2004, Pedro Yano sucedeu Hiroshi Nishitani, o idealizador do Bosque das Cerejeiras do Parque do Carmo – com atualmente cerca de 4200 pés de cerejeiras – e assim assumiu a presidência da Federação de Sakura e Ipê do Brasil, entidade organizadora da tradicional Festa das Cerejeiras do Parque do Carmo, que costuma atrair mais de 100 visitantes todos os anos.

Sessão Solene de Entrega do Colar Honra ao Mérito Legislativo
Quando: Dia 8 de fevereiro (sexta), a partir das 19 horas
Onde: Plenário Juscelino Kubitschek da Alesp

Comentários
Loading...