Primeiro concurso da Abrac da era Reiwa, 34º Brasileirão terá mais de 700 cantores em Curitiba

Concurso é sempre uma festa onde quer que seja preservando a cultura através do idioma (Arquivo – Aldo Shiguti)

Nesta sexta, sábado e domingo (19, 20 e 21), Curitiba, no Paraná, será palco do 34º Concurso Brasileiro da Canção Japonesa, também conhecido como Brasileirão. O evento é realizado anualmente e é a principal competição de karaokê no Brasil promovido pela Associação Brasileira de Canção (Abrac). Esta edição deve reunir alguns dos principais intérpretes da música japonesa no Brasil, como Mário Chibana, Marcelo Akamine, Felipe Ikeda, Kunihiro Tanahara e Yuko Osawa e Carmen Fujita, entre outros grandes nomes.
A edição do ano passado foi realizada no Parque Internacional de Exposições Francisco Feio Ribeiro, em Maringá (PR), concomitante à Expo Imin 110, e contou com a presença de Sua Alteza Imperial, princesa Mako.
Este ano, a realização é da Associação Cultural e Beneficente Nipo Brasileira de Curitiba (Nikkei Curitiba) e terá a participação de cerca de 750 cantores, com idades entre 3 e 94 anos de 27 regionais de todo o país.
Participam as Regionais de Santa Catarina; Sul Paraná; Oeste Paraná; Noroeste Paraná; Central Paraná; Norte Paraná; Leste Paraná; Rio Grande do Sul; Alta Sorocabana; Paulista (SP); Noroeste (SP); Sudoeste (SP); Central (SP); Norte (SP); Minami (SP); Higashi (SP); Oeste Paulista; ABCD Paulista; Amazonas (AM); Bahia (BA); Centro (SP); Mogiana; Nishi (SP); Centro-Oeste; Mato Grosso; Mato Grosso do Sul; e Brasília (DF).

Princesa Mako prestigiou o evento no ano passado, em Maringá (Arquivo – Aldo Shiguti)

Programação – No Nikkei Curitiba, que sedia o evento pela primeira vez – a capital paranaense já sediou o concurso em outras 4 ocasiões: 1988, 1997, 2003 e 2010 – , haverá performances de todos os gostos e estilos. Com 20 categorias diferentes, nas quais os participantes são separados por idade e tipo de música, o público poderá apreciar as diferentes facetas da música japonesa.
As apresentações começam na sexta-feira, dia 19, às 8h30 horas, no ginásio de esportes do Nikkei, com as categorias Veterano, que são divididas por faixa etária. Na sexta também acontece o Congresso Técnico.
A abertura oficial será no sábado, dia 20, às 11h30, com a presença de autoridades do Estado e do município. Além disso, é um dia voltado ao público infanto-juvenil, com apresentações de crianças, jovens e adolescentes nas categorias Doyo, Tibiko, Adulto e Pop. A premiação das crianças ocorre no mesmo dia das apresentações.
O último dia, além das apresentações finais (keshô), ocorre também a premiação das demais categorias e o Grand Prix que reúne todos os campeões das categorias adulto, veterano, juvenil e pop. Há também o Prêmio de Júri Popular, eleito pelos representantes regionais da Abrac; Prêmio de Saiyushu-Kashosho, ao campeão das categorias veterano, com idade superior a 60 anos; o Prêmio de Shinsa-In Tokubetsusho, ao participante com “menção especial” para qualquer idade; Prêmio Kinsho que premia os 10 melhores de cada categoria; o Kantosho definido pelo corpo de jurados; e o Dantaisen classificação por equipe até o 3º colocado.

Tadao Ebihra e um dos vice-presidentes da Abrac, Kuratome (D)

Um dos vice-presidentes da Abrac, Katsutoshi Kuratome – que visitou a redação do Jornal Nippak acompanhado do vice-presidente do Conselho de Jurados, Tadao Ebihara – destacou a importância do evento, lembrando que “este é o primeiro Brasileirão da Era Reiwa”.

Crianças – Segundo Kuratome, uma das preocupações constantes da Abrac tem sido a de incentivar cada vez mais a participação de crianças e jovens. “Eles representam o nosso futuro”, explica o vice-presidente, destacando que este concurso contará com a participação de cerca de 150 crianças, o que representa 20% do total de participantes. “No dia a dia a participação costuma ser pequena, mas eventos como o Brasileirão servem de motivação”, diz Kuratome.
Através da música, a Abrac preserva a cultura japonesa, dá motivação para o conhecimento da língua japonesa, auxilia na formação de cidadãos, proporciona um intercâmbio de amizade, e dá a oportunidade de conhecer as diversas culturas dos estados brasileiros e de outros países.
Com o apoio político, social e econômico de entidades, lideranças e governos, a Associação Brasileira de Canção mantém seu trabalho de agregação e visa novas parcerias, projetos e crescimento.
A entrada é franca.

34º CONCURSO BRASILEIRO DA CANÇÃO JAPONESA
LOCAL: NIKKEI CURITIBA (RUA PADRE JULIO SAAVEDRA, 598)
ENTRADA GRATUITA
INFORMAÇÕES PELO TELEFONE: 41/3277-4123

PROGRAMAÇÃO

Dia 19/7/2019 – Sexta-feira. Início do Concurso às 8h30

Dia 20/7/2019 – Sábado. Início do Concurso às 8h30.
Cerimônia de Abertura às 11h30 aproximadamente

Dia 21/7/2019 – Domingo. Início do Concurso às 8h30.
Premiação e Grand Prix 2019.
Encerramento

Comentários
Loading...