Prefeitura de Registro obtém liberação do TJSP para continuação da obra do Memorial da Imigração Japonesa

(Divulgação)
(Divulgação)

A Prefeitura de Registro notificou a empresa responsável pela construção do Memorial da Imigração Japonesa para que retome as obras. Os trabalhos tinham sido suspensos e após ação civil a Prefeitura saga-se vencedora do processo judicial que batalhava a mais de um ano para retomada dos serviços da obra do Memorial da Imigração Japonesa.
A ação civil pública foi julgada improcedente na data de 15 de fevereiro de 2019 e a empresa foi notificada nesta segunda-feira, 18/02 para a retomada das obras.

Memorial irá abrigar acervo de bens históricos e obras de arte - divulgação
Memorial irá abrigar acervo de bens históricos e obras de arte – divulgação

A denúncia sustentava que a área para a edificação do Memorial da Imigração Japonesa era imprópria e, mesmo o Executivo e a empresa, vencedora da licitação, em posse de todas as autorizações ambientais comprovadas, teve a obra embargada pela Justiça do Município.
Teve início, então, a um longo processo. E, na última sexta-feira, 15, em julgamento de Mérito da ação, em primeira Instância, a ação foi julgada improcedente.
“Seguimos firmes e confiantes nesta ação civil porque as licenças junto aos órgãos ambientais foram concedidas na forma da lei. Foi um trabalho em conjunto com todas as Secretarias, pois entendemos que o Museu é muito importante para preservar a memória dos nossos irmãos. O local contribuirá com a história e tenho certeza que se transformará em mais um ponto turístico para a cidade”, afirmou o prefeito Gilson Fantin.
O Memorial irá abrigar o acervo de bens históricos e obras de arte da comunidade japonesa e contará com salas expositivas, auditório, sanitários e copa. A área total construída será de 666 m². O local fica no Parque Beira Rio.

Comentários
Loading...