MANGÁ: Kamigami no Itadaki

Baseado no Romance homônimo de Baku Yumemakura publicado em 1998, a versão em manga “Kamigami no Itadaki” (Shuueisha, 2000) foi ilustrada pelo Mangaka Taniguchi Jiro. Um dos grandes nomes na história desta mídia, Taniguchi iniciou sua carreia na década de setenta e até sua morte em 2017 acumulou mais de 40 títulos dentre os quais Bocchan no Jidai(Futabasha, 1987), Kodoku no Gourmet (Fusosha, 1997) e Aruku Hito (Kodansha ,1992) podem ser citados como obras de destaque. Publicado entre 2000 e 2003 na revista Business Jump (Shuueisha), “Kamigami no Itadaki” recebeu não apenas prêmios dentro de seu país como também foi premiado no Festival francês de Angoulême em 2005, e no Ignatz Award realizado em 2010 nos Estados Unidos.

Kamigami no Itadaqui (reprodução)

Encarregado de fotografar as atividades de alpinistas que pretendem escalar o Everest, Fukamachi Makoto viaja para a cidade de Katmandu no Nepal. Ao adentrar uma das pequenas vendas da cidade, ele encontra uma antiga câmera que supostamente pertencera a George Mallory, o primeiro homem a se aventurar na escalada do Monte Everest mas que, durante tal desafio, desaparece ser deixar vestígios. A partir dessa descoberta, Fukamachi e seu amigo alpinista Habu Joji decidem procurar mais pistas a fim de desvendar o mistério por trás do desaparecimento de Mallory e, possivelmente, mudar para sempre os registros históricos do Everest.

Kamigami no Itadaqui (reprodução)

Tendo ocorrido na década de 20 durante uma expedição inglesa ao Monte Everest, o desaparecimento do alpinista George Mallory e seu companheiro Andrew Irvine é um fato verídico. Partindo deste fato real, a narrativa fictícia de Yumemakura juntamente com as ilustrações de Jiro Taniguchi trabalham em harmonia de maneira que a atmosfera de imensidão e perigo, presente no romance, continue presente também no Mangá. Jiro Taniguchi se apropria de tais descrições para dar-lhes vida e forma, retratando cenários que transpõem para uma simples folha de papel a grandiosa escala da maior montanha do planeta.

*Henrique Teixeira Reis é estudante do Departamento de Mangá da Universidade de Kyoto Seika

Comentários
Loading...