Luiz Nishimori elogia participação de Jair Bolsonaro no G20: ‘Saímos fortalecidos’

(Arquivo pessoal)

O deputado federal Luiz Nishimori (PL-PR) avaliou como “positva” a participação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na reunião de líderes do G20 realizado nos dias 28 e 29 de junho, em Osaka, no Japão. O G20 é um grupo formado pelos ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo, mais a União Europeia. “O presidente tinha que estar presente porque todos os presidentes e chefes de estado compareceram. Não faltou ninguém”, disse Nishimori, que integru a comitiva oficial. O parlamentar considerou “fantástico” o acordo de livre comércio que os países que integram o Mercosul e a União Europeia (UE) assinaram no último dia 28.
“Foram cerca de 20 anos de negociações, mas, enfim, chegamos a um acordo. A UE é um dos maiores investidores do Mercosul e os dois blocos representam quase 25% do PIB mundial. Trata-se de um mercado de 780 milhões de pessoas. De acodo com o Ministério da Economia, este acordo pode trazer um crescimento e incremento ao PIB brasileiro de US$ 88 bilhões. É um acordo muito importante para o Brasil”, disse Nishimori, lembrando que, “antes do acordo, apenas 24% das exportações brasileiras eram livres de tributos”. “Quando começar a vigorar, praticamente 100% das exportações do Mercosul vão contar com melhores acessos de exportações”, comemorou o deputado, que participou de uma série de reuniões no Japão, junto com o presidente Bolsonaro.

O presidente Jair Bolsonaro durante encontro com empresários brasileiros em Osaka (arquivo pessoal)

Na sexta-feira (28), a comitiva se reuniu com o presidente do Banco Mundial, David Malpass, e com o secretário-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), José Ángel Gurría Treviño. “Foi uma vitória porque o Brasil estava tentando participar há muito tempo”, explicou o deputado.

Troféu “Sakura Awards 2019” foi feito pela Tadokoro (arquivo pessoal)

Também na sexta-feira, Bolsonaro recebeu o troféu “Sakura Awards 2019”, uma homenagem da Câmara de Comercio Brasileira no Japão em agradecimento ao apoio do presidente aos brasileiros que vivem no Japão. Segundo Nishimori, o troféu foi confeccionado pela indústria brasileira Tadokoro, de Mogi das Cruzes, a partir de peças utilizadas do trem-bala.
O deputado explicou que, durante reunião informal com líderes do Bric’s – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, da qual participaram o presidente da China Xi Jinping, o presidente da Rússia Vladimir Putin, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, Bolsonaro ressaltou que, no seu governo, o Brasil reafirmou o apoio ao sistema multilateral de comércio por entender que ele é importante para o desenvolvimento da economia mundial. “A persistência de correntes protecionistas e de práticas econômicas desleais é fonte de tensões comerciais e põe em risco a estabilidade das regras internacionais de comércio”, destacou o presidente brasileiro.

Jair Bolsonaro, Luiz Nishimori e Luiz Henrique Mandetta com Trump (arquivo pessoal)

Trump – “Eu mesmo tive oportunidade de conversar com o Putin e ele falou muito sobre judô, arte marcial que pratica e admira. O que deu para sentir também foi uma certa divergência de pensamentos ideológicos entre países capitalistas, liderados pelos Estados Unidos, e socialistas, representados por China e Rússia. Mas quando todos sentam para conversar, a vontade de colaborar predomina”, disse Nishimori, destacando que uma das preocupações conjuntas refere-se ao meio ambiente.
“Durante as reuniões informais o presidente conversou com o presidente da França, Emmanuel Macron, o convidou para conhecer a Amazônia e reafirmou o compromisso com o Acordo de Paris para o clima”, conta .
A comitiva brasileira também se reuniu com o presidente dos Estados Unidos Donald Trump. Segundo Nishimori a conversa foi muito amistosa e produtiva. “Melhor impossível, um encontro muito positivo, estamos trabalhando por uma relação bilateral de resultados concretos, e este ano já demos o primeiro passo incluímos a isenção de visto para turistas norte-americanos, o que contribui de forma significativa com nossa economia, gerando emprego e renda para o setor de turismo e hotelaria. Tivemos a assinatura do Acordo de Salvaguardas de Alcântara, o apoio formal para a entrada do Brasil na OCDE e para ser aliado extra Otan”, disse Nishimori, explicando que o presidente dos Estados Unidos ofereceu ajuda mas Jair Bolsonaro “não fez nenhum pedido”. “Foi uma conversa muito amigável”, afirmou o parlamentar, acrescentando que, já o encontro com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, “foi muito formal”.

Luiz Nishimori com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe (arquivo pessoal)

Shinzo Abe – “Acredito que é o jeito japonês”, disse Nishimori, explicando que o premiê japonês pediu “colaboração para o Brasil em vário sentidos” – mas não revelou quais foram esses pedidos – e, em contrapartida, o Brasil pediu “duas coisas”.
“Primeiro, o acordo de livre comércio entre o Japão e o Mercosul. Se isso não acontecer, será muito difícil o Brasil exportar carne suína e bovina, além de frutas para o Japão porque a taxação é de 37,5% sobre os produtos. Caso o Brasil fizesse parte do Acordo de Parceria Transpacífico (TPP, pela sigla em inglês), a taxa começaria em 20% e iria caindo em dez anos”, informou Nishimori, explicando que o segundo pedido é para que o governo japonês “cuide da nossa comunidade residente no pais”.

Amazônia – “Também aproveitamos para formalizar um convite para que primeiro-ministro aproveite a viagem que fará ao Chile, em novembro deste ano, quando participará de uma reunião, e venha para o Brasil”. Para Nishimori, os países europeus cobram muito do Brasil sobre a questão do meio ambiente, “especialmente em relação à Amazônia, mas pouco sabem sobre o que o governo brasleiro está fazendo”.
“O Bolsonaro vem se esforçando muito. Acho que alguns países fazem muitas exigências mas não enxergam o que estamos fazendo de positivo”, disse Nishimori, afirmando que saímos do Japão com a imagem “fortalecida”.

Comentários
Loading...