Longevidade nos eventos???

Torneio Internacional do Nipo de Campo Grande (Marcos Yamada)

O mais antigo torneio de tênis de mesa no país e talvez na América Latina, ainda ativo e realizado ininterruptamente, é o Campeonato Brasileiro Intercolonial que esta em sua 70ª edição, que será em Itupeva (SP), de 24 a 26 de janeiro de 2020.
Neste final de semana estive em Campo Grande (MS), no 29º Torneio Internacional de Tênis de Mesa e na semana retrasada, em Londrina no 64º Campeonato Paranaense Intercolonial da modalidade.
Inúmeros campeonatos não tiveram esta longevidade, pois os amantes, organizadores e aficionados pelo tênis de mesa, não são eternos.
Em Londrina,m graças a família Takaoka e Erika Kimura, que são abnegados pelo esporte, fizeram com que o evento tivesse sucesso total, mas a Liga Desportiva e Cultural Paranaense/Aliança, com o apoio de Luiz Nishimori e Sergio Ueda é que geram a longevidade, através de sua Diretoria.
Já em Campo Grande (MS), foram homenageados na cerimônia de abertura duas pessoas “in memorian” muito importantes, que introduziram e difundiram o mesa-tenismo no estado: Mario Morimoto e Caio Noda, que nos deixaram neste ano de 2019, sem esquecer de Masaki Ara “in Memorian”, que também ajudou a alavancar a modalidade.
O legado deles foram muito bem compreendidos pelos discípulos, Bruno Tamaciro e Mario Marcio Soken, que com muita dedicação e competência, deram continuidade neste, que eu considero um dos melhores eventos do país, para se fazer amizade e com um custo/beneficio excelente para os participantes.
Parabéns aos organizadores e os criadores de todos os eventos que se mantém ao longo dos anos, fato este muito raro nos dias de hoje, pois são e foram todos voluntários, em prol do tênis de mesa.

Comentários
Loading...